Blogs   ››   Xandó: Avaliações e Opiniões
Xandó: Avaliações e Opiniões

1.2 MILHÕES de motherboards !!

Flavio Xandó Publicado em 16 de Novembro de 2007 às 15h00

Na semana passada a Digitron inaugurou em Manaus uma nova fábrica no Brasil. O ForumPCs foi convidado a conhecer as novas instalações e a linha de produtos da empresa. A Digitron foi fundada em 1986 visando o mercado de placas de rede e depois placas-mãe para computadores. Atualmente a empresa detém uma pela participação no mercado brasileiro quase 40% no segmento de placas-mãe. Mas a visita em si, que foi interessantíssima, trouxe nas entrelinhas informações muito interessantes que quero dividir com os amigos do ForumPCs.

[singlepic id=7823 w=320 h=240 float=]

O mercado brasileiro vem mudando. Isso já tem sido observado por outras evidências, mas na visão da Digitron o declínio do mercado informal, também chamado mercado cinza tem sido muito benéfico. Há dois anos o mercado cinza representava cerca de 70% das vendas e hoje em dia caiu para 30%. Diversos motivos causaram esta mudança. Agradecimentos especiais ao dólar mais baixo, embora com o dólar mais baixo o mercado informal também baixou seus preços. Mais alguns agradecimentos aos cortes de impostos, que tornou o PC desktop e também notebooks menos carregados nos tributos e fez baixar ainda mais os preços, estimulando o mercado de PCs. Os bons ventos da economia mundial (e brasileira por decorrência) fez também aumentar a demanda. Este círculo virtuoso era o empurrão que nosso mercado precisava.

A Digitron, que é conhecida por fabricar sob licença as placas-mãe da GIGABYTE com a nova fábrica dá um passo muito interessante. A empresa já tinha em Manaus uma fábrica que foi migrada para a nova planta de forma que agora somente a fábrica nova contém as linhas de produção. Com o acréscimo das novas linhas chega à capacidade de produção de 1.2 MILHÕES DE PLACAS MÃE POR MÊS !!! Um número formidável que deu título a esta coluna. As placas visam o mercado de varejo e os integradores de diversas marcas que usam as placas da Digitron Gigabyte. O Sr. Sun Un Song, presidente e fundador da Digitron em pessoa nos contou a história por trás da nova fábrica. Segundo Oscar Clarke, presidente da Intel do Brasil, há mais de dois anos a INTEL fez um aporte de recursos na Digitron do Brasil por seu braço de investimentos, a INTEL CAPITAL que faz investimentos de riscos em empresas do ecossistema de informática visando promover sinergia com seus próprios objetivos. Estes recursos somados ao empreendedorismo da Digitron e o apoio do governo do Amazonas, viabilizaram este projeto.

[singlepic id=7825 w=320 h=240 float=]

[singlepic id=7826 w=320 h=240 float=]

Nesta nova fábrica serão produzidos vários produtos novos. Dentre eles a placa mãe GA-P35-DS3 com chipset Intel P35. É uma placa que visa um mercado mais sofisticado, pois esta placa aceita desde processador Celeron até Core 2 Extreme Quad, com FSB de 1333 Mhz, DDR2 1066 Mhz, SATA 3 Gb/s, RAID e suporte aos novos processadores de 45 nm que chegarão em breve. Esta placa vinha sendo importada para o mercado brasileiro mas com a fabricação local acabam os problemas de disponibilidade e longos tempos do processo de importação.

Além da GA-P35-DS3 a Digitron lança a placa GA-X38-DQ6-ATX para usuários "extreme", bemsofisticados. Chipset X38-ICH9R, Dual PCI Express x16 para uso em SLI ou Crossfire, suporte até 8 Gb de RAM, 2 saídas SATA externas e 8 conectores SATA internos (para uso em RAID 0, 1 ou 5) e também pronta para os novos processadores de 45 nm. Várias outras placas, para a plataforma Intel e AMD também saem das linhas da Digitron em Manaus.

[singlepic id=7828 w=320 h=240 float=]

[singlepic id=7831 w=320 h=240 float=]

As placas que saem desta fábrica já usam em algumas das linhas de produção o conceito de "linha de produção contínua". Pude ver isso e me impressionei sobremaneira. De um lado da linha entra a placa de circuito impresso, algumas centenas de componentes diminutos e delicados estão no interior da máquina. Em menos de cinco minutos sai do outro lado desta máquina a placa semi-pronta, com toda aquela centena de componentes já inseridos e soldados. A placa segue na linha para inserção e fixação dos componentes "grandes" como soquetes de processador, USB, serial, VGA, etc. Na próxima estação ocorre o teste da placa. Em seguida o empacotamento com manuais e CD e por fim para a embalagem final e despacho. Muito ágil e muito interessante.

As placas mais modernas da Gigabyte feitas pela Digitron seguem um padrão de construção e qualidade chamado "ULTRA DURABLE 2". É um bonito nome, uma ferramenta de marketing eficaz, mas há fundamento na afirmação "ultra durável" como a sigla sugere. Na construção da placa alguns cuidados especiais são tomados:

? componentes trabalhando em temperaturas mais baixas

? menor dissipação de energia obtida com núcleo de ferrite

? uso de capacitores de núcleo sólido no lugar dos eletrolíticos que são 18 vezes mais duráveis

Estas características conferem uma maior resistência à placa, garantindo maior longevidade da mesma. Não são exclusivas da Gigabyte, outros fabricantes têm estas inovações em suas placas mas somente nos modelos topo de linha. A Digitron pretende usar estas características cada vez mais nas placas produzidas aqui ampliando o uso destas melhorias em mais e mais placas de seu portfólio.



Outra grande novidade é a fabricação dos notebooks com a marca Gigabyte também sendo produzidos na nova fábrica em Manaus. São notebooks de última geração de fato pois usam o chipset GM965, também chamado de "Santa Rosa", o mais atual para os notebooks da plataforma Intel. São quatro modelos, sendo o W566 o mais elaborado deles. Com processador que pode ser o T7100 (1.8 Ghz) até o T7700 (2.4 Ghz), 15.4 polegadas (1280x800), webcam embutida, HD de 80 a 160 Gbytes, rede Gigabit e Wi-Fi 802.11n (465AGN) e som de alta definição. Além das opções de escolha de processador e disco, são 4 modelos sendo fabricados no Brasil. Um modelo de tela da 13 polegadas está a caminho que visa introduzir um novo segmento de notebooks, não tão pequenos e caros como os de 11 e 12 polegadas e mais leve e menor que os de 15 e 14 polegadas.

[singlepic id=7829 w=320 h=240 float=]

Digitron fabricando placas INTEL

Dois dias depois da inauguração da fábrica fomos brindados com a notícia de que a Digitron incorporou ao seu já rico portfólio de produtos placas da INTEL. A Digitron tem placas com chipset Intel há muito tempo. A novidade é que a placa é um genuína placa marca Intel montada na fábrica de Manaus da Digitron. Inicialmente chega o modelo 945GCNL-BR que suporta FSB de 1066 Mhz, vídeo integrado e processadores deste Celeron até Core 2 Duo e chipset 945GC da Intel. Não é uma placa "entry-level" e ao mesmo tempo não é uma "topo-de-linha". Foi a escolha da Intel ao escolher a Digitron como fabricante de suas placas no Brasil para este momento inicial em função da demanda do mercado brasileiro. Segundo a Intel já em 2008 vários outros modelos serão fabricados aqui. Segundo a Intel fabricar aqui tem duas grandes vantagens. O preço da placa pode ser 20% mais barata que a mesma placa importada e a qualidade, que atestada pela Intel é igual ou melhor que as placas fabricadas fora do Brasil (em função das novas linhas de produção da Digitron). Executivo da Intel (matriz americana) declarou no anúncio da fabricação aqui das placas que as instalações da fábrica são "World Class", ou seja, atendem os mais rigorosos padrões de qualidade. Em suas próprias palavras "Qualquer placa da Intel pode ser fabricada aqui com qualidade até superior a das fábricas existentes". Isso é ótimo, pois garante que produtos melhores e com preços mais baixos estarão presentes mais e mais em nosso mercado.

[singlepic id=7827 w=320 h=240 float=]

Parece que bons ventos sopram na direção de nosso mercado de informática. A diminuição do mercado-cinza e o crescimento da demanda permitiram que iniciativas como essa da Digitron e Intel fossem feitas. Os números da Digitron impressionam pela robustez. De 2004 para cá o volume de vendas TRIPLICOU. Segundo dados da INTEL no ano de 2007 serão vendidos mais PCs que aparelhos de TV, algo realmente notável e histórico. Que este ciclo virtuoso criado não se rompa e siga trazendo inovações, tecnologia, investimentos e produtos mais acessíveis para nosso país.

[singlepic id=7824 w=320 h=240 float=]

======= FIM=======

PS:OFF-TOPIC-para aqueles que estão acompanhando minha epopéia com a TELEFONICA, na tentativa de migrar um serviço ADSL Speedy "A Internet e a boiada" , matéria que foi substituída por esta coluna falando das placas-mãe, continuarei fazendo atualizações naquela coluna para informação de toda acomunidade de amigos que em solidariedade à minha causa estiveram tão presentes. Obrigado pelas manifestações de apoio.
Tags
Nenhuma tag cadastrada
Comente e compartilhe sua opinião com nossa comunidade!

Sobre o blog

Blog do Xandó

Top mais lidas


Top posts comentados