Blogs   ››   Arquitetura Corporativa
ArchiMate e Archi

Porque escolher a linguagem de arquitetura corporativa ArchiMate e a ferramenta Archi

Fernando Zaidan Publicado em 16 de Dezembro de 2015 às 11h37

Neste post serão descritos alguns aspectos que ajudarão na escolha da linguagem ArchiMate e da ferramenta de modelagem de arquitetura corporativa - Archi.

Olá Pessoal, tudo com vocês?

 

Não andei pouco sumido não ... andei muito sumido. Me desculpem. Mas, a causa foi justa – a defesa de tese do doutorado. Nossa, foi realmente um sufoco. Mas, graças a Deus, correu tudo bem. Em breve a tese vai estar disponibilizada e eu os avisarei. Claro, o tema principal foi Arquitetura Corporativa. Entretanto, tiveram dois temas que pretendo escrever aqui também: a gestão de documentos e a metodologia de pesquisa que utilizei, a design science.

 

Bem, nesta minha volta vou falar um pouco sobre o motivo pelo qual escolher e adotar a linguagem de Arquitetura Corporativa – ArchiMate e a escolha e um software para modelar.

 

Então vamos lá, o ArchiMate:

·        é um padrão aberto, independente de EA, que unifica o vocabulário, o conjunto de termos, além de prover os conceitos e os relacionamentos de uma linguagem de EA;

·        surge como um grande projeto de pesquisa, passando, em seguida, a ser desenvolvido por um consórcio de empresas e laboratórios de pesquisa com inspiração na norma IEEE 1471;

·        atualmente é gerido por um grande órgão sem fins lucrativos – o The Open Group;

·        complementa e integra com um framework consolidado – o TOGAF, na medida em que fornece um conjunto de conceitos e suas representações gráficas ajudam a criar um modelo coerente e integrado;

·        foi atualizada em sua versão 2.1, após grande evolução da versão 1.0 e 2.0;

·        é utilizado por diferentes fornecedores e consultorias;

·        baseou-se em metamodelos, com especificação precisa e rica semântica entre os relacionamentos;

·        possui um conjunto consistente de relações que estabelecem a natureza dos relacionamentos entre os elementos, alguns deles oriundos da UML;

·        contempla uma visão integrada e estratégica, utilizando as camadas de negócios, aplicações e infraestrutura de TI;

·        privilegia visões específicas para os stakeholders;

·        suporta desenvolvimentos tais como a economia de rede baseada em serviços e a integração das tecnologias da informação e comunicação com os serviços da web.

 

E a ferramenta Archi, as vantagens são:

·                                ·        é livre e de código aberto;

·        voltado para todos os níveis de arquitetos corporativos;

·        é independente de fornecedores;

·        apoia descrição, análise e visualização dos modelos;

·        atende a versão 2.1 do ArchiMate e aos seus pontos de vista (viewpoints);

·        preocupa-se com atualizações constantes;

·        conta com uma rica documentação no momento da modelagem.

 

Então, maõs à obra e instalem o Archi. Os links para ArchiMate e Archi:

ArchiMate pode ser encontrado em: <http://www.opengroup.org/subjectareas/enterprise/archimate>. Acesso em: 16 dez. 2015.

Archi pode ser encontrado em: Acesso em: 16 dez. 2015.

 

Até o próximo post, agora com mais frequência!

 

Um grande abraço,

Zaidan

Comente e compartilhe sua opinião com nossa comunidade!

Sobre o blog

Blog Arquitetura Corporativa

Top mais lidas


Top posts comentados