Notícias   ››   Gestão TI   ››   Gestão
Gestão

Leroy Merlin elege Softtek Brasil como fornecedora exclusiva de serviços e manutenção de TI

Autor: Déborah Oliveira
Fonte: IT Forum 365 Publicado em 02 de Junho de 2015 às 14h12

Companhia mexicana assumiu sustentação de aplicações críticas da varejista atuante do mercado de construção

Leroy Merlin elege Softtek Brasil como fornecedora exclusiva de serviços e manutenção de TI
A Leroy Merlin, varejista do segmento de construção, escolheu a Softtek como parceira exclusiva na oferta de serviços de suporte e manutenção das aplicações críticas da empresa no Brasil.

Com o desafio de manter 33 lojas, dois Centros de Distribuição e a matriz da marca em operação 24x7x365, a Softtek agora amplia sua atuação na empresa. Antes, a companhia era responsável pelos sistemas SAP e assume agora a sustentação de novos sistemas vitais para a operação da Leroy Merlin.

A missão da Softtek é continuar desenvolvendo melhorias contínuas por meio do serviço e reduzir o número de chamados dos sistemas de tecnologia, que atualmente superam 8 mil solicitações mensais.  

De acordo com Zoltan Geocze, diretor de Serviços da Leroy Merlin, são mais de 50 aplicações que auxiliam a gestão da operação e processos de negócios, e um total de 7,5 mil colaboradores que utilizam essas ferramentas em tarefas diárias, incluindo desde funcionários que atuam nas frentes de caixas das lojas, até a diretoria e equipes gerenciais.

Entre as aplicações sustentadas pela parceira de TI estão processos que envolvem as áreas de compras, inventários de estoque, gerenciamento e controle de centros de distribuição, folhas de pagamento, área fiscal e geração de relatórios gerenciais. Com a aliança, a ideia é reforçar a governança de TI a partir do modelo de serviços de outsourcing.

Geocze conta que, hoje, a empresa centraliza os chamados e os processos relacionados ao suporte e à manutenção de aplicações com a Softtek, inclusive o gerenciamento das equipes que trabalham remotamente com o apoio de um gerente de serviços in loco.

O executivo relata que a escolha por um único fornecedor para coordenar os serviços de sustentação dos sistemas já tem melhorado a percepção sobre a resolução dos problemas e chamados internos, que antes reincidiam e impactavam na performance e operações da empresa.
Recomendado para Você
Comente e compartilhe sua opinião com nossa comunidade!

Últimas notícias