Notícias   ››   Indústria   ››   Produtos e Serviços
Evolução humana

Sistemas cognitivos movimentarão US$ 31 bilhões em 2019

Autor: Redação
Fonte: IT Forum 365 Publicado em 10 de Março de 2016 às 12h25

Dados da IDC indicam que adoção de ferramentas do tipo vão se tornar cada vez mais comuns em bancos, varejo e setor de saúde

Sistemas cognitivos movimentarão US$ 31 bilhões em 2019
A IDC definiu computação cognitiva como um dos seis aceleradores de inovação que vão conduzir a transformação digital, criando novos fluxos de receita, organizações baseadas na informação e mudando a forma como o trabalho é executado. 

Em razão desse quadro, a consultoria prevê que os gastos globais com sistemas cognitivos somarão quase US$ 31,3 bilhões em 2019 com taxa anual composta de (CAGR) de 55% no período. 

De acordo com o levantamento, mais de 40% de todos os gastos com sistemas cognitivos durante todo a previsão será direcionado para software, incluindo aplicações cognitivas (como análise de texto e rich media, tagging, pesquisa, aprendizagem de máquina e categorização) e softwares que facilitam o desenvolvimento de soluções. 

Na avaliação de David Schubmehl, diretor de Pesquisa, Sistemas Cognitivos e Content Analytics da IDC, dados não estruturados e semi-estruturados estão alimentando o renascimento da manipulação e análise de informações, resultando em uma nova geração de ferramentas que prometem oferecer assistência inteligente, conselhos e recomendações aos consumidores e disseminação do conhecimento em todo o mundo.

A indústria de serviços financeiros terá maior participação na aquisição de sistemas cognitivos, segundo a pesquisa, com 20% do total mundial de toda a previsão. Os usos no setor incluem análise de fraude e de investigação e automatização de inteligência de ameaças e prevenção.

Varejo e saúde são as segunda e terceira maiores indústrias usuárias de ferramentas do tipo, com previsão de gasto conjunto de US$ 10 bilhões em 2019. Os principais casos de uso no varejo são automatização de agentes de serviço ao cliente e merchandising para as operações de omni-channel, enquanto que em saúde serão sistemas de diagnóstico e tratamento.

Em uma base geográfica, a América do Norte (Estados Unidos e Canadá) é, de longe, a maior região em termos de adoção de sistemas cognitivos com quase 80% do total mundial em toda a previsão. Europa, Oriente Médio e África (EMEA) é atualmente a segunda maior região, mas a IDC prevê que os gastos com sistemas cognitivos na Ásia/Pacífico, incluindo o Japão, vão ultrapassar EMEA até o final de 2019.
Comente e compartilhe sua opinião com nossa comunidade!

Últimas notícias