Notícias   ››   Negócios   ››   Fusões e Aquisições
Absorção

Citrix sela acordo de fusão com LogMeIn no valor de US$ 1,8 bilhão

Autor: Redação
Fonte: IT Forum 365 Publicado em 03 de Agosto de 2016 às 12h09

Produtos da fornecedora de software de acesso remoto serão agregados ao portfólio da família GoTo

Citrix sela acordo de fusão com LogMeIn no valor de  US$ 1,8 bilhão

A Citrix anunciou acordo de fusão com a fornecedora de software de acesso remoto LogMeIn no valor de US$ 1,8 bilhão. A transação é englobada em um movimento chamado de Reverse Morris Trust, o qual permite que o acordo não inclua pagamento de taxas e impostos pelas partes envolvidas.

A ideia é que os produtos da LogMeIn sejam agregados aos negócios GoTo da Citrix (que englobam os produtos GoToMeeting, GoToMyPC e GoToAssist). Os acionistas de ambas as empresas serão donos de 50% da produção combinada o novo negócio.

A previsão é de que a empresa combinada alcance receitas anuais superiores a US$ 1 bilhão, com mais de 2 milhões de clientes em praticamente todos os países ao redor do globo. 

Após a conclusão da transação, a companhia combinada deverá atingir sinergias de custo de taxa de funcionamento para o benefício de ambos os acionistas Citrix e LogMeIn de US$ 65 milhões dentro do primeiro ano, e executar sinergias de custo de taxa de mais de $100 milhões em dois anos.

Balanço financeiro
A Citrix anunciou na terça-feira (2/8) os resultados financeiros para o segundo trimestre do exercício fiscal de 2016, finalizado em 30 de junho. No período, a companhia atingiu receita de US$ 843 milhões, ou crescimento de 6% em comparação com os US$ 797 milhões registrados no segundo trimestre do exercício fiscal de 2015.

A receita líquida durante o segundo trimestre foi de US$ 121 milhões, ou US$ 0,77 por ação diluída, em comparação com os US$ 103 milhões, ou US$ 0,64 por ação diluída, durante o segundo trimestre do ano anterior. Além disso, a receita líquida também inclui US$ 14 milhões em custos de separação associados com a cisão da empresa GoTo previamente anunciada.

Para Kirill Tatarinov, presidente e CEO da Citrix, o desempenho do trimestre é "sinal claro de que a reorientação da nossa estratégia no sentido de proporcionar os melhores serviços de tecnologia integrada do mundo para a entrega segura de aplicativos e dados está repercutindo muito bem em nossos clientes e no mercado", disse.

Para o terceiro trimestre, a administração da Citrix espera atingir receita líquida na faixa de US$ 820 milhões a US$ 830 milhões, e de US$ 3,37 bilhões a US$ 3,39 bilhões no fim do ano.

Recomendado para Você
Comente e compartilhe sua opinião com nossa comunidade!

Últimas notícias