Notícias   ››   Indústria   ››   Produtos e Serviços
CES 2017

Em ano difícil, Samsung foca discurso em aparelhos residenciais e laptops

Publicado por: Vitor Cavalcanti Publicado em 05 de Janeiro de 2017 às 00h06

Fabricante se desculpou pelo episódio do Note 7 e afirmou que segue trabalhando para que tal problema não volte a acontecer

Em ano difícil, Samsung foca discurso em aparelhos residenciais e laptops

Não é segredo que a Samsung enfrentou um período complicado após os incidentes envolvendo o Galaxy Note 7, produto que teve inclusive seu uso dentro de aeronaves proibido por conta dos risco de explosões e manchou a marca de toda a linha. Reconhecendo o problema, a fabricante focou seu discurso na CES 2017 em aparelhos residenciais, como geladeira, lavadoras, secadoras e fogões inteligentes, além da renovação dos Chromebooks, agora nas versões Plus e Pro e com acesso a todas as aplicações disponíveis na Google Play.


"Foi um ano desafiador para a Samsung por conta do episódio do Note 7 que afetou muita gente e estamos trabalhando para que isso não aconteça mais”, disparou Tim Baxter, presidente e COO da Samsung America, logo ao iniciar sua fala na CES 2017. "E mesmo com isso não deixamos de buscar inovação em nenhum momento e desde a CES do ano passado ganhamos market share em TVs, vestíveis, smartphones e outras linhas de produtos”, completou o executivo.


Logo após esse pedido de desculpas, se é que se pode chamar dessa maneira, o executivo falou sobre dar voz aos clientes, dizendo que a fabricante tem usado bastante os feedbacks recebidos para entregar produtos que atendam às demandas dos consumidores. Apenas nos Estados Unidos, a empresa conta com 25 milhões de clientes em mobilidade. "Queremos dar mais opções e que elas sejam flexíveis, inovações que te coloquem no controle”, pontuou o executivo, antes de dar início aos anúncios que a companhia trouxe para o evento deste ano que, nem de longe, chegou próximo dos smartphones ou phablets. 


O foco foi a residência, com geladeiras, fogões, lavadoras e TV, tudo com design impecável e funcionalidades para, como o próprio executivo falou, tornar a vida mais fácil. O conceito de internet das coisas (IoT, da sigla em inglês) foi abordado como algo que integra a estratégia da corporação e como o caminho para entregar ao consumidor uma percepção de valor sem precedentes. "Temos capacidades de IoT em todos os eletrônicos e eletrodomésticos e nosso ecossistema não para aqui, passa por big data, inteligência artificial, samsung pay, entre outros”, frisou Baxter.


Para o mundo computacional tradicional, a novidade ficou por conta dos renovados Chromebooks. Alanna Cotton, vice-presidente da Samsung Eletronic America, até falou sobre o Gear S3, mas sem anunciar nada de novo. A executiva usou o palco apenas para ressaltar as características da última versão do relógio inteligente. As novidades estavam para o mundo dos PCs.


“Em 2011 lançamos com o Google o primeiro Chromebook. E agora estamos redefinindo a categoria. Por que não usar seus aplicativos de smartphone favoritos no notebook?”, provocou antes de apresentar dois novos modelos, os Chromebooks Plus e Pro, sendo o Pro com configuração mais parruda e processador Intel. Ambos tiveram design renovado, podem ser usados como laptop ou tablet, contam com a caneta stylus e estão habilitados a rodar dois milhões de aplicativos disponíveis na Play Store do Android. 


*O IT Forum 365 viajou a Las Vegas a convite da CTA, organizadora da CES

Recomendado para Você
Comente e compartilhe sua opinião com nossa comunidade!

Últimas notícias