Notícias   ››   Indústria   ››   Cenário
Inteligência artificial

Fundadores do LinkedIn e eBay doam US$ 20 mi para auxílio com problemas éticos com AI

Autor: Redação
Fonte: IT Forum 365 Publicado em 11 de Janeiro de 2017 às 11h03

Fundo de pesquisa sobre segurança de inteligência artificial conta com US$ 10 milhões de cada fundador

Fundadores do LinkedIn e eBay doam US$ 20 mi para auxílio com problemas éticos com AI

Reid Hoffman e Pierre Omidyar, fundadores do LinkedIn e do eBay, respectivamente, doaram US$ 10 milhões cada para financiar pesquisas acadêmicas destinadas a garantir a segurança das futuras tecnologias baseadas em inteligência artificial. O foco é levantar fundos para o Ethics and Governance of Artificial Intelligence Fund, que distribuirá dinheiro aos pesquisadores trabalhando nos duros problemas éticos levantados pela AI.

A ação surge em meio ao desenvolvimento acelerado de tecnologias com inteligência artificial, nem sempre com a consciência de que, no futuro, as máquinas possam se voltar contra os próprios seres humanos.

"Há uma urgência em assegurar que a AI beneficie a sociedade e minimize os danos", disse Hoffman. "A tomada de decisões da AI pode influenciar muitos aspectos do nosso mundo - educação, transporte, saúde, justiça criminal e economia - mas os dados e o código por trás dessas decisões podem ser em grande parte invisíveis", completa.

As áreas de pesquisa específicas em que o fundo se concentrará não são fixas, mas as possibilidades incluem questões éticas, como a discussão sobre que forma construir e projetar tecnologias que considerem as estruturas éticas e os valores morais como características centrais da inovação tecnológica, além de responder quais tipos de controles precisamos para minimizar o potencial dano da AI para a sociedade e maximizar seus benefícios.

Também contribuindo para o fundo estão a Fundação Knight, com a quantia de US$ 5 milhões, William and Flora Hewlett Foundation e Raptor Group, que estão contribuindo com US$ 1 milhão cada. As instituições acadêmicas fundadoras da iniciativa serão o MIT Media Lab e o Berkman Klein Center for Internet & Society, da Universidade de Harvard.

Comente e compartilhe sua opinião com nossa comunidade!

Últimas notícias