Notícias   ››   Mobilidade   ››   Dispositivos
Após casos de explosões

Companhias aéreas deixam de fazer avisos sobre Galaxy Note 7 nos EUA

Autor: Redação
Fonte: IT Forum 365 Publicado em 11 de Janeiro de 2017 às 13h01

Federal Aviation Administration (FAA) removeu exigência. Samsung diz que 96% dos dispositivos já foram devolvidos até o momento

Companhias aéreas deixam de fazer avisos sobre Galaxy Note 7 nos EUA

Você que viaja muito de avião já está cansado de ser questionado se possui um Samsung Galaxy Note 7 antes de embarcar? Se sim, esse "transtorno" está encerrado, já que, a partir desta quarta-feira (11/01), a obrigatoriedade dos anúncios foi cessada - pelo menos nos EUA.

A Federal Aviation Administration (FAA) - entidade governamental dos EUA responsável pelos regulamentos e todos os aspectos da aviação civil no país - removeu a exigência de que todas as companhias aéreas façam os referidos anúncios. A proibição do Note 7 em aviões surgiu após casos de explosões com os dispositivos.

A decisão parece ser resultado de esforços extensos da Samsung para recolher os dispositivos. A empresa disse em nota que 96% dos dispositivos já foram devolvidos até o momento.

O caso do Galaxy Note 7 foi um desastre e derrubou o lucro da Samsung em 30%, com alguns analistas estimando que a saga poderia custar à empresa coreana até US$ 17 bilhões.

Recomendado para Você
Comente e compartilhe sua opinião com nossa comunidade!

Últimas notícias