Home >

3 ferramentas de coaching financeiro para usar na sua vida

Especialista em terapia financeira fornece algumas dicas para melhorar sua relação com o dinheiro

Aline Soaper*

01/06/2019 às 9h20

Foto: Shutterstock

O processo de 'coaching' é muito útil quando a pessoa possui uma meta ou um objetivo para alcançar e precisa melhorar a sua performance pessoal para alcançar isso. Pode ser no campo pessoal, profissional e financeiro.
Existem ainda os processos de 'coaching' que tem como objetivo superar uma dificuldade, como no caso de pessoas que buscam o processo de 'coaching' para superar um divórcio, emagrecer, quitar dívidas etc.

Com o 'coaching' financeiro, o objetivo do processo visa um resultado futuro que o dinheiro está envolvido. Como por exemplo: fazer uma viagem, comprar um imóvel, começar ou crescer um negócio, começar a investir, organizar as finanças pessoais, fazer um plano de independência financeira, morar fora do país etc. Nesses casos, o profissional ‘coach’ conduz o cliente no melhor caminho para alcançar esse resultado, sem prejudicar os demais aspectos da vida dele. Não adianta a pessoa colocar foco total em um novo projeto para ganhar mais dinheiro e prejudicar a saúde.

Não adianta trabalhar tanto para construir uma casa e perder a família. Por isso, o profissional ‘coach’, acompanha o cliente nesse processo e desenvolve técnicas e estratégias com ele para seguir o melhor caminho.
Se você quer aproveitar algumas dessas técnicas na sua vida, mesmo não tendo um coach financeiro pessoal para te acompanhar. Vou te ensinar de forma simplificada três ferramentas que podem te ajudar nesse caminho.

1. Lista de Sonhos

A lista de sonhos é uma ferramenta que usamos com os clientes, onde listamos os sonhos em todas as áreas da vida. Não apenas os sonhos que têm relação com as conquistas financeiras. Mas, também aqueles como “ver o pôr do sol na praia”, “tomar café da tarde com meu filho durante a semana.”, “buscar meu filho na escola duas vezes por semana.”

E por que é tão importante ter uma lista de sonhos?

Porque passamos a maior parte do nosso tempo cumprindo tarefas. Parece que fomos criados para trabalhar e pagar contas e com o passar do tempo, esquecemos que queremos conquistar várias coisas. Desde as mais simples, até as mais ousadas.

Por isso, faça agora mesmo a sua lista de sonhos.

Com a sua lista de sonhos pronta, comece a marcar os sonhos que você já pode realizar. Pode ser que alguns deles não te custe tanto dinheiro, pode ser possível começar ainda essa semana. Então, coloque datas nesses sonhos e comece a curtir a jornada. Lembrando-se que você não nasceu para pagar contas!

2. Mapeamento de despesas fantasmas

Essa ferramenta de 'coaching' financeiro é usada para mapear para onde está indo o seu dinheiro. Se você é como a maioria das pessoas, todos os dias você compra coisas dos mais variados preços e nem se dá conta que esse dinheiro está saindo da sua conta!
Por isso, você pode fazer essa ferramenta por conta própria.

Pegue um caderno ou uma folha de papel e leve com você para todos os lugares. Anote todos os gastos que você realizar durante sete  dias. Absolutamente todos!

Ao final dos sete dias você vai fazer uma análise desses gastos e vai se auto avaliar para saber para onde está indo o seu dinheiro. O quanto você está gastando de despesas fantasmas e como você usar melhor esse dinheiro. Essa análise deve te trazer conclusões sobre a melhor forma de usar o dinheiro, colocando foco no que realmente importa para você.

Comece hoje e veja em sete dias quantos fantasmas rondam a sua carteira e você não percebeu!

3. Decisão de compra

Para alcançar os seus objetivos de vida, é preciso fazer escolhas. Muitas vezes o medo de perder, te faz adiar a realização dos seus sonhos. Você vai comprando tudo o que está a sua disposição e desvia o dinheiro que seria investido para os seus sonhos em coisas que não são prioridades para você.

A ferramenta decisão de compra você pode fazer com seis perguntas:

1. Eu realmente preciso disso?

2. Eu preciso disso agora?

3. Eu tenho dinheiro para pagar sem me endividar?

4. Já tenho algo parecido?

5. Com qual frequência vou usar?

6. Existe outro produto com a mesma qualidade que seja mais barato?

Você pode se acostumar a fazer essas perguntas antes de realizar uma compra por impulso. Isso com certeza vai te ajudar a se manter no foco para realizar seus maiores objetivos de vida.

*Aline Soaper é bacharel em Direito. Especializada em Orientação Educacional e Terapia Financeira.

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail