Home > Notícias

4 dicas para motivar o time

Fabio Camara, CEO do Grupo FCamara, separou recomendações para qualquer líder levantar sua equipe

Redação

31/01/2019 às 10h01

Foto:

São raros os líderes buscam incentivar suas equipes de diversas maneiras, seja dando total liberdade para o colaborador exercer a sua função, disponibilizando horários flexíveis e até possibilitando que ele tenha acesso ao seu WhatsApp pessoal para tirar qualquer dúvida ou comunicar uma ideia inovadora.

Esses novos comportamentos têm alterado também a forma das pessoas buscarem um novo emprego. Segundo estudo realizado pela LeadPix Survey, as pessoas estão à procura por um trabalho que vá além da remuneração. Cerca de 36% dos profissionais entrevistados citam que as “experiências aprendidas” são o que mais os motivam, seguido por “atividades que executam”, 33%, e “novas oportunidades”, com 26%. A remuneração aparece em quarto lugar com 16%. Ainda foram citados “seus colegas”, “sua equipe”, “seu líder” e “espaço físico”.

De acordo com Fabio Camara, CEO do Grupo FCamara, empresa que transforma problemas de TI em soluções digitais inovadoras, incentivar um colaborador vai além de oferecer bonificações. “Cada colaborador se motiva por alguma razão diferente. O papel do líder no processo de motivação dos seus colaboradores deve ser constante e é sem dúvidas um fator importante para ajudar a empresa a crescer também”, comenta Fábio.

A empresa comandada por Camara possui cerca de 500 colaboradores, sua maioria entre 20 e 35 anos - muitos que já estão em cargos de liderança - e já teve como cliente sete dos dez maiores e-commerces do Brasil. Também possui um código de cultura que mostra diretrizes modernas e liberais, inspiradas nas empresas do Vale do Silício, no qual incentivam a execução de ideias para o desenvolvimento de inovações. De acordo com o CEO, seu maior patrimônio é o intelectual e por conta disso, priorizar e valorizar seu time, além de oferecer recursos para que eles se desenvolvam, é essencial.

“Na FCamara trabalhamos de forma horizontal, incentivando as pessoas a crescerem pessoalmente e profissionalmente. Temos o compromisso de ter esses profissionais em nossa empresa pelo mínimo de 2 anos, pois acreditamos que esse tempo é um investimento positivo para os dois lados - a empresa que conta com a excelência do trabalho do candidato treinado e o profissional que sabe que está inserido em um ambiente onde suas ideias serão ouvidas e que ele encontra boas oportunidades de crescimento e desenvolvimento”, explica.

O especialista comentou suas ações de como incentivar seu time com pequenas atitudes rotineiras. Confira.

CEO itinerante

Não ter uma sala fixa na empresa para o Fabio não é problema. De acordo com o CEO, ter liberdade para sentar em lugares diferentes todos os dias é fundamental para se aproximar dos colaboradores, estar disponível para todos no desenvolvimento dos projetos e incorporar o dinamismo e horizontalidade presentes em seu código de cultura.

O capital humano é o mais valioso

Adote uma cultura que dê valor para as pessoas e contrate aquelas com mais vontade de aprender. As características mais reconhecidas e valorizadas por Camara não são apenas as habilidades técnicas, e sim, a pessoalidade com todos (capacidade de relação), a cumplicidade com os clientes e o senso de propriedade com a empresa. "Procuro e valorizo profissionais que se sentem parte da empresa e que acreditem nela, com intenções de crescer com ela e um dia se tornarem sócios."

Dê feedbacks e ofereça programas para o profissional crescer

Uma boa ferramenta para desenvolver colaboradores é utilizar um sistema qualificado de feedbacks e oferecer programas que colaborem para o crescimento profissional. O Grupo FCamara tem a própria ferramenta para garantir que ocorra um feedback trimestral a todos os colaboradores, que faz uma avaliação de cinco pontos essenciais: interdisciplinaridade, formação, engajamento, legitimidade e responsabilidade com resultados. Aos líderes existe um feedback em que quatro outros pontos são avaliados: investimento de profissão, quântico de
ambição, capacidade de relação e resultados objetivos. Ambas as iniciativas de feedback pretendem oferecer oportunidade de constante evolução e desenvolvimento profissional.

Disponibilize seu Whatsapp e agenda

Uma das outras maneiras que Camara encontrou para se aproximar do seu time foi disponibilizar seu Whatsapp para todos os funcionários tirarem suas dúvidas, compartilharem ideias ou comunicarem sobre um novo projeto. “Estou à disposição de todos e acredito que essa abordagem me fez entender melhor como somos um time, qual a dinâmica e a semântica do nosso time. Além disso, todos possuem acesso à minha agenda, possuindo total liberdade para sugerir um café, uma partida de xadrez, um vinho ou até mesmo uma reunião de negócios", finaliza Camara.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail