Home > Notícias

4 recomendações para evitar crimes financeiros

Ter uma abordagem holística faz parte da lista da Fico

Redação

23/01/2018 às 11h57

Foto:

Todo início de ano, a Fico analisa tendências que possam explicar um pouco do que vem por aí em 2018, tendo como destaque quais serão os desafios e as oportunidades para o setor bancário global.

À medida que os esquemas de lavagem de dinheiro ficam mais sofisticados, a estratégia de detecção e mitigação deve ser mais inteligente e rápida. A Fico destaca quatro tendências sobre crimes financeiros, expondo nuances do assunto que já são realizadas pelas organizações, mas que podem ser melhor trabalhadas neste novo ano.

1. Faça uma abordagem mais holística

Atualmente, a prevenção a fraudes, cibersegurança e o combate à lavagem de dinheiro ainda são preocupações em muitas instituições financeiras. Uma abordagem holística teria uma classificação de risco de cliente que consideraria qualquer informação disponível, seja ela proveniente de um sistema de fraude, Ciso ou um sistema de compliance.

2. Use inteligência artificial para encontrar novos padrões

A estratégia de detecção atualmente parece ser muito estática, com análises bastante básicas e uma dependência excessiva das regras. Para 2018, A Fico vê uma tendência crescente em adicionar inteligência artificial (AI, na sigla em inglês) e algoritmos mais poderosos para essa capacidade.

O objetivo não é apenas entrar no movimento de AI e sim, diminuir ainda mais a carga de trabalho, aumentando a produtividade nos departamentos de compliance. Não se vê uma substituição da abordagem tradicional a curto prazo, mas um aprimoramento com AI que leva a detecção ao próximo nível. Isso ajudará a priorizar os alertas existentes e gerar novos, pois "encontramos os padrões desconhecidos".

3. Automatizar a procura de evasão fiscal

Compliance está relacionado à evasão fiscal em muitos casos. Recentemente, vimos os Papéis do Panamá e os Papéis do Paraíso e veremos mais vazamentos em 2018. As organizações de compliance explorarão a abordagem holística para a detecção, adotando ferramentas que incluam qualquer uma dessas informações de forma automatizada.

4. Acelerar a detecção em tempo real

Por último, mas não menos importante: os esquemas criminais não estão apenas ficando mais sofisticados, mas mais rápidos também. Então, devemos detectar. Vemos o crescimento de um requisito de detecção em tempo real para o combate à lavagem de dinheiro, tal como já temos no espaço de detecção de fraude de crédito.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail