Home > Notícias

6 previsões digitais que vão transformar os negócios neste ano

Confira a lista de tendências indicada pelo VP da DXC Technology

Redação

11/01/2019 às 10h22

Foto:

O mundo cada vez mais digital tem trazido fortes impactos para o dia a dia das organizações. O fato é que o momento é de transformação e é difícil prever o que virá pela frente. Mas ouvir especialistas para ter em mente as previsões é sempre uma boa ideia.

A DXC Technology, empresa de serviços de TI, aponta que projetos digitais inovadores, aplicativos, rompimento do modelo de nuvem e esclarecimento de informações estão entre as tendências digitais a serem observadas em 2019.

Dan Hushon, vice-presidente e CTO da DXC Technology, comenta que a transformação dos negócios está acelerando à medida que as empresas fazem grandes apostas na estratégia digital para obter eficiência operacional, criar novos mercados, redesenhar a experiência do cliente e obter ganhos que podem ser reinvestidos para financiar um futuro digital.

Hushon listou seis previsões que definirão as mudanças em TI que as organizações precisarão para impulsionar suas estratégias digitais em 2019. "Líderes devem examinar como essas seis tendências moldarão a jornada digital de suas empresas para que possam aprender rapidamente, acertar e executar as mudanças nesse ano", apontou.

Confira as previsões:

1. As empresas buscam projetos de negócios digitais inovadores

Em 2019, as empresas tomarão decisões de execução mais alinhadas e apuradas para acelerar o negócio digital. Pode-se esperar ver uma variedade de inovações, com novos modelos de negócios, novas tecnologias e até mesmo novas empresas inteiras construídas a partir do digital. Uma estratégia digital unificada entre os negócios e a TI é a única maneira de livrar-se da dívida técnica composta, que impede que as empresas explorem as iniciativas digitais de projetos inovadores. Tudo isso se trata de focar e acelerar a transformação digital, tendo a energia para ter sucesso e alcançar um crescimento não linear.

2. As empresas adotam plataformas de IoT de próxima geração

À medida que as empresas mapeiam o mundo físico para um mundo digital repleto de inteligência, “coisas” inteligentes se tornarão a força propulsora para implementar plataformas inovadoras em 2019. Esse avanço permitirá que as empresas façam novas descobertas e possam analisar grandes quantidades de dados específicos para o setor a partir da internet das coisas (IoT), revelando novas correlações hiperdimensionais que fornecem novos insights, tomada de decisões aprimorada e melhores resultados de negócios.

3. Rompimento do modelo de nuvem

O setor de Tecnologia da Informação continua a desenvolver o que chamamos de “Matrix” “, a infraestrutura de TI abrangente e inteligente que vai além da nuvem para incluir edge computing, plataformas de IoT, aprendizado de máquina (machine learning), realidade aumentada/virtual, blockchain e muito mais. As empresas estão criando maneiras completamente novas para utilizarmos a Matrix, incluindo aplicativos descentralizados (DApps), desviando a potência de um pequeno número de agentes centrais para um grande número de participantes. Além disso, estamos vendo uma mudança em direção a aplicativos orientados por dados e arquiteturas sem servidor que permitem que apps muito pequenos e específicos sejam executados em ambientes leves que poderiam estar tão próximos quanto o dispositivo em seu bolso ou em seu pulso.

4. As empresas entram em uma era de esclarecimento de informações

O volume de dados e a utilização de informações se tornarão competências fundamentais esse ano. As empresas que experimentam o Esclarecimento das Informações perceberão que inteligência artificial e o machine learning podem melhorar as ofertas de serviço e gerar novas fontes de receita, mas somente se elas se utilizarem de algoritmos, orquestração de modelos, dados e infraestrutura corretos.

5. As empresas recriam as experiências dos clientes de acordo com as regras de privacidade de dados

Em 2019, a proteção dos dados pessoais dos clientes forçará as empresas a repensarem suas estratégias digitais, à medida que os efeitos totais da Regulamentação Geral de Proteção de Dados (GDPR) da União Europeia entram em ação. As empresas criarão ecossistemas de informações centrados em privacidade, com análises (analytics) e segurança como fundamento, buscando oferecer interações mais seguras e melhores experiências aos clientes.

6. As empresas começam a desmobilizar seus data centers

O data center corporativo está desaparecendo lentamente, à medida que as empresas estão mudando as cargas de trabalho de data centers corporativos para data centers de múltiplos usuários na nuvem pública. Para operar de maneira mais eficiente e obter mais valor de seus dados, as empresas estão migrando para fornecedores de nuvens públicas, que têm banda larga e data centers estrategicamente posicionados. A tendência será reproduzida próximos três a cinco anos, à medida que a migração para a nuvem der lugar à construção na nuvem.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail