COMUNIDADE
Microsoft deve esperar queda na receita do Windows neste ano

Microsoft deve esperar queda na receita do Windows neste ano

Sistema operacional deve registrar crescimento negativo de 7,5%

A receita do Windows para este ano deve registrar queda de 7,5%, de acordo com o Gartner. O total em moeda constante será de US$ 13,5 bilhões. A previsão engloba todas as versões do sistema operacional da Microsoft, e não somente a 10.
Um dos principais motivos para essa queda, de acordo com empresa de análises, é a incerteza do mercado global, em conjunto com taxas de câmbio difíceis e redução nos investimentos de TI.
No início do mês, a Microsoft divulgou que o Windows 10 está ativo em 270 milhões de dispositivos – aumento de 35% em relação à atualização anterior. A marca ultrapassar o recorde alcançado pelo Windows 7 em 145% no mesmo período de análise.
No setor corporativo, analistas da indústria não esperam grandes crescimentos de receita do Windows 10 até 2017. Al Gillen, pesquisador do IDC, acredita que o fato de o Windows ser gratuito, grande parte dos consumidores migraram para a nova atualização, mas isso também trouxe custos associados – e por isso muitas empresas ainda não realizaram o upgrade. Mas, à medida que organizações verem o sistema como uma atualização final, eles mudaram gradativamente.
Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.