Home > Notícias

Ataques ransomware a empresas dobram em 2017, aponta estudo

Relatório aponta que expansão de ransomware foi responsável por 160 mil ciberataques e 93% das violações poderiam ter sido evitadas

Guilherme Borini

29/01/2018 às 10h29

Foto:

A Online Trust Alliance (OTA), iniciativa da Internet Society (ISOC) que tem a missão de fortalecer e ampliar a confiança on-line, divulga o Relatório de Tendências de Incidentes e Riscos Cibernéticos, que mostra que foram registrados 134 mil ataques de ransomware a empresas em 2017, duplicando o número do ano anterior.

A análise revela que os incidentes cibernéticos dirigidos às empresas quase duplicaram no último ano – de 82 mil registrados em 2016, para 159,7 mil em 2017. Como a maioria das brechas de segurança não são relatadas, a OTA acredita que o número real do último ano pode exceder os 350 mil.

Foram examinadas brechas de dados, ransomware direcionado às empresas, comprometimento de e-mail corporativo (BEC, na sigla em inglês), ataques DDoS e a aquisição de infraestrutura crítica e sistemas físicos ao longo de um ano. O relatório destaca ainda as preocupações da Internet Society quanto a forma como as falhas de dados em grande escala, as incertezas sobre como os dados são utilizados, o cibercrime e outras ameaças online têm afetado a confiança dos usuários na Internet.

Jeff Wilbur, diretor da iniciativa OTA na Internet Society, destaca que, sem surpresas, 2017 ficou marcado como o ‘pior ano’ no que tange às brechas de dados e incidentes cibernéticos em todo o mundo. "O aumento dos ciberataques pode ser atribuído a incidência de ransomware e os novos métodos adotados pelos cibercriminosos", explica.

"As correções regulares de vulnerabilidades de segurança são uma prática recomendada e as ignorar pode acarretar brechas conhecidas, como a da Equifax, uma das mais notáveis em 2017", adverte Wilbur.

Para 2018, o executivo espera que as correções sejam ainda mais eficazes, uma vez que vulnerabilidades como Spectre e Meltdown, recém-descobertas, mostram que quase todos os chips de computadores fabricados nos últimos 20 anos apresentam brechas fundamentais de segurança.

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail