Home > Notícias

Até 2017, 50% das empresas não terão estratégias para uso de dados de clientes

Tissiane Vicentin

02/06/2015 às 13h32

Até 2017
Foto:

Até 2017, 50% das empresas não terão estratégias estabelecidas que abordem o uso de informações provenientes de pessoas, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Gartner.

Esse tipo de informação é considerada pela consultoria de extrema importância para as organizações na era digital, porque são elas que identificam as reais necessidades de clientes. Por meio da utilização de big data e analytics, as empresas podem verificar as demandas dos usuários, o que mais os agradam ou deixam de agradar, e modificar seus negócios para atendê-las. 

“Estratégia de informação é um tema amplo, mas definir como as empresas usam e gerenciam essas informações afeta todos os aspectos da TI e do gerenciamento de negócios e transformação", afirmou o diretor de pesquisa do Gartner, Joao Tapadinhas.

Em 2014, os investimentos em big data cresceram, com 73% das empresas já investindo ou com planos de investir ao longo dos próximos dois anos na tecnologia.

De acordo com o Gartner, as tecnologias de integração relacionados e modelos de negócios voltados para aplicações de consumo de informação ainda estão sendo definidos, mas a consultoria acredita que uma porção de categorias surgirão no mercado nos próximos dois ou três anos.

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail