Home > Notícias

Bauducco protege infraestrutura de rede e prepara-se para expansão

O crescimento da empresa, incluindo novas plantas, centros de distribuição e as lojas Casa Bauducco, demandava uma solução de segurança alinhada com as melhores práticas do mercado

Redação

30/10/2018 às 10h24

Bauducco protege infraestrutura de rede e prepara-se para expansão
Foto:

Em linha com sua estratégia de expansão e proteção do ambiente, a Bauducco maior produtora de panetones do mundo, optou por adotar os Firewalls de próxima geração da SonicWall, empresa de segurança da informação.

“Temos, hoje, um ambiente altamente aderente às boas práticas de mercado. Mas a segurança da informação exige um estado ‘sempre alerta’", aponta Jefferson George Kiocia, especialista em Infraestrutura de TI da Bauducco. Na visão de Kiocia, a adoção das soluções SonicWall contribui para a manutenção de um padrão de implantação de segurança para novas localidades e projetos de tecnologia da Bauducco. “Essa experiência como gerou uma ótima base de conhecimento, algo que trouxe benefícios intangíveis para nossa companhia.”

Além dos Firewalls da SonicWall, a Bauducco utiliza o SonicWall Analyzer. Graças aos relatórios produzidos por essa ferramenta de gestão, a equipe de TI consegue se manter atualizada sobre tudo o que se passa em cada uma das localidades que utilizam as soluções SonicWall de segurança da rede, ambiente que suporta mais de 2 mil usuários.

Salto dos negócios

A busca por uma plataforma eficaz de segurança para a Bauducco foi alavancada pelo próprio crescimento dos negócios, já que a Pandurata Alimentos – a holding que inclui a Bauducco – constantemente expande suas operações.

“Precisávamos equacionar a infraestrutura de segurança que suportaria a ampliação de nossas fábricas e a construção de novos centros de distribuição; além disso, uma nova unidade de negócios foi criada, a Casa Bauducco, e era fundamental que a infraestrutura de TI estivesse alinhada com a expectativa de crescimento do grupo”. Para Kiocia, uma das principais metas era garantir a alta disponibilidade das aplicações que suportam os negócios da Bauducco.

Para atingir esses objetivos, Kiocia e seu time iniciaram uma pesquisa baseada em duas ferramentas de apoio à decisão: o Balanced Scorecard com o benchmark do que seria o mais adequado Firewall de Próxima Geração para a Bauducco e Provas de Conceito (PoC).

Era essencial que a solução fosse baseada em um appliance com múltiplas funções, capaz de aliar profundidade em segurança com o máximo desempenho da rede. Segundo Kiocia, identificar e bloquear novos códigos maliciosos como ransomware e proteger a plataforma de e-mail contra phishing eram questões estratégicas. “A alta disponibilidade do ambiente, por outro lado, seria reforçada pelo uso de Firewalls de Próxima Geração em HA (high availability), configurados em redundância automática”. A nova solução deveria ser capaz, também, de intervir em localidades remotas da rede Bauducco, em especiais espaços que não contassem com um time de TI local.

Segundo Kiocia, a PoC da solução SonicWall foi realizada com o pleno suporte do time local da SonicWall – com destaque para a atuação de Arley Brogiato, country manager da empresa no Brasil – e dos profissionais da CTI, a integradora de soluções que participou deste projeto. “Ao final do dia, a PoC confirmou o que a análise produzida pelo Balanced Scorecard havia mostrado: que a alta disponibilidade, o balanceamento e a performance que o equipamento SonicWall apresentou durante os testes certificaram que essa solução seria aderente às nossas necessidades.”

Migração tranquila

A implementação do Firewall de Próxima Geração da SonicWall aconteceu sem nenhuma descontinuidade para os negócios da Bauducco. O projeto todo foi minuciosamente planejado, regra a regra, filial por filial. Na fase de execução do projeto, os problemas detectados no ambiente foram separados das inovações, o que propiciou flexibilidade para mudanças. “Tudo isso contribuiu para que a implementação acontecesse de forma totalmente transparente para nossos usuários finais, que notaram a melhoria e a estabilidade do ambiente”, detalha Kiocia.

Esse processo foi realizado com o apoio dos profissionais da CTI, parceira de negócios da SonicWall que assumiu o projeto e que hoje apoia na administração e atualização da infraestrutura SonicWall. “A colaboração da CTI foi fundamental; destaco tanto o time técnico como o comercial. Essa empresa possui uma estrutura altamente capaz e aderente, além de profissionais extremamente capacitados”. Kiocia aponta, também, que a parceria firmada pela Bauducco com a CTI contribui para que a equipe interna de TI esteja sempre atualizada com os acontecimentos internos e externos de segurança.

Para Eduardo Nogueira, executivo de marketing da CTI, a Bauducco foi vista, desde o início, como um projeto estratégico, que envolveu todas as áreas da empresa. “Desde os times de infraestrutura e de segurança de TI até o marketing, nossos profissionais se dedicaram intensamente a resolver os desafios do cliente”.  Os times técnicos, em especial, deslocaram-se pelas várias plantas e centros de distribuição da Bauducco para realizar o levantamento das necessidades da empresa.

“Nosso compromisso com a continuidade dos processos de negócios da Bauducco vai além do projeto e da implementação”, destaca Nogueira. “Além do projeto ser em alta disponibilidade, mantemos appliances SonicWall em nossa base, para serem rapidamente enviados ao cliente em caso de falha.  Com esses appliances – que são configurados como espelhos da tecnologia implementada na Bauducco – buscamos níveis excelentes de SLA.”

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail