Home > Notícias

Bitcoins chegam ao crowdfunding

Maior site de crowdfunding do País, com mais de R$ 85 milhões arrecadados, começa a aceitar a criptomeda

13/04/2018 às 13h24

Foto:

O Vakinha, site de crowdfunding do país, com R$ 85 milhões arrecadados desde sua fundação, está aceitando doações em bitcoins. Para viabilizar as operações em criptomoedas, o Vakinha fechou uma parceria com a ZPay, empresa que oferece um gateway que faz a conversão e transferência imediata dos valores em Reais para a conta da campanha.

As doações feitas em bitcoins vão seguir as mesmas regras e processos atuais do site de crowdfunding, que aceita doação mínima de R$ 20,00 e máxima de R$ 20 mil, cobrando 6,4% de taxa sobre a arrecadação, enquanto média de mercado é 12%, graças a pesados investimentos do Vakinha no desenvolvimento de tecnologia própria de sistemas de pagamentos para reduzir custos de operação.

Crescimento da demanda

Luiz Felipe Gheller, diretor de TI e um dos fundadores do Vakinha, afirma que a abertura para as criptomoedas visa atender a nova demanda de mercado e aumentar o leque de possibilidades de quem deseja fazer doações para causas sociais e projetos de todos os tipos. "Essa também é uma excelente alternativa para quem mora fora do Brasil e deseja participar ativamente de correntes de solidariedade", observa.

Na avaliação de Ricardo Dortas, diretor executivo e fundador da ZPay, a abertura deste novo canal de negócios é um passo importante no avanço e popularização dos bitcoins. "No Brasil, até o momento, as criptomoedas ainda são usadas quase que exclusivamente para especulação financeira. O Vakinha amplia consideravelmente seu espectro de utilização", afirma.

Maior arrecadação de crowdfunding do País

A maior arrecadação de crowdfunding do Brasil aconteceu no Vakinha com a campanha "Cura Spinraza - Ame Joaquim", que bateu recordes em valor arrecadado, em número de doadores e em tempo de arrecadação, sendo:

· Maior arrecadação em valores absolutos: R$ 1.420.170,00

· Maior quantidade de doadores: 24.233 doadores

· Maior arrecadação em uma semana: R$ 1.124.549,00

Sem fraudes

A opção por usar a plataforma de crowdfunding também é uma maneira de evitar fraudes. No Vakinha os valores arrecadados são públicos. Isso ajuda a quem vai doar saber se a meta foi atingida ou não, norteando de forma transparente sua decisão. Outro aspecto é o sistema de inteligência artificial criado pelo site, que retém as arrecadações durante 15 dias, enquanto faz avaliações de indícios de fraude como possíveis clonagens e garante o destino correto das arrecadações ou a devolução do dinheiro ao doador, se for o caso.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail