COMUNIDADE

Como quebrar as barreiras culturais do DevOps?

DevOps não é um problema de ferramentas, embora a falta de padrões ainda crie um desafio para a TI

O movimento do DevOps já é uma realidade para muitas empresas. Agilidade e flexibilidade são palavras que encontramos em muitas definições sobre o conceito e as suas capacidades, nas quais habilitam a TI a entregar softwares de maneira rápida diante de requisitos muitas vezes incertos. DevOps remete ao estilo de gerenciamento proposto no modo 02 da TI Bimodal do Gartner Group, no qual defende que parte da TI deverá trabalhar com foco na agilidade e flexibilidade, centralizando seus esforços nas necessidades de negócio ou no produto final. O conceito foi inspirado no sucesso dos métodos ágeis de gerenciamento de projetos e seu objetivo é criar uma cultura de colaboração entre as equipes de desenvolvimento e de operações, de maneira que estas possam aumentar o fluxo de trabalho com maior frequência de deploys e ao mesmo tempo aumentando a estabilidade do ambiente de produção.

Muitas empresas ainda estão se adaptando ao estilo DevOps e já compreenderam que não existe uma metodologia padrão, e sim a necessidade de adequar os processos da TI de maneira que estes sejam simplificados a fim de não limitar os ganhos que o conceito e suas ferramentas poderão proporcionar ao negócio e a TI.

DevOps não é um problema de ferramentas, embora a falta de padrões ainda crie um desafio para a TI, mas sim, uma maneira de quebrar as barreiras técnicas e culturais que dividem desenvolvedores e operadores.

A criação de uma prática colaborativa entre as equipes de desenvolvimento e de operações é um dos grandes desafios para os gestores de TI, pois a prática colaborativa proposta no DevOps remete a necessidade de confiança e comunicação eficiente entre estas duas equipes.

O primeiro passo para iniciar a quebra das barreiras culturais é definindo o significado de DevOps para você e para sua empresa, a fim de criar um entendimento comum, colocando todos na “mesma página”. DevOps é indicado para projetos que fazem uso de metodologia ágil de gerenciamento de projetos, por este motivo é recomendado começar com projetos pequenos e que sejam tolerantes a riscos, mas que possam apresentar ganhos rápidos ao negócio.

As pessoas são os principais ingredientes de uma iniciativa bem sucedida do DevOps. Por este motivo, monte uma equipe com pessoas que valorizam a colaboração e o trabalho em equipe e que possam entender que a iniciativa requer uma maneira completamente nova de trabalhar.

Procure envolver pessoas com diferentes capacidades técnicas, buscando desenvolvedores com experiência em integração contínua, especialistas em testes e qualidade de software, gerentes de projetos com experiência nos métodos ágeis e profissionais da área de operações com conhecimentos em desenvolvimento de scripts e automação.

Nenhum software entrega valor antes de entrar em produção, por este motivo, o segundo passo é mostrar para esta equipe que o resultado final do trabalho corresponde ao produto em produção. Não defina metas nem objetivos individualmente, ao invés disto, procure alinhar estes objetivos de acordo com as necessidades do negócio e defina metas compartilhadas para todos os envolvidos no projeto e com o produto no qual estará sendo desenvolvido. Durante o projeto, não deixe que os métodos e as ferramentas se tornem mais importantes do que as necessidades do negócio.

Mostrar os ganhos do novo modelo de trabalho será fundamental para contribuir com o processo de mudança cultural dentro e fora da TI, fazendo com que as pessoas enxerguem valor no novo método e se sintam engajadas com o novo propósito colaborativo.

DevOps é como uma jornada, leva tempo e demanda uma visão de futuro. Porém, seu sucesso dependerá muito mais das pessoas do que dos processos e ferramentas.

Comentários
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem unicamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da IT Mídia ou quaisquer outros envolvidos nessa publicação.

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.