COMUNIDADE
menina programando

Mastercard promove segunda edição do Girls4Tech no Brasil

Primeira edição reuniu 41 meninas em São Paulo

A Mastercard promove na próxima sexta-feira (17/11) a segunda edição do Girls4Tech, programa que busca estimular o interesse de meninas de 9 a 11 anos pelas áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática – conhecidas em inglês pela sigla de STEM (science, technology, engineering and math).

A série de atividades será realizada na sede da Mastercard – Av. das Nações Unidas, 14.171 – Torre Crystal – 19º andar, Santo Amaro, São Paulo.

Ao todo, 25 meninas da ONG Arrastão, localizada na Zona Sul de São Paulo que trabalha com atividades para promover educação e cultura em crianças e jovens das comunidades locais, participarão da ação, que terá baterias contendo exercícios de convergência digital, algoritmos, criptologia, big data e inteligência local, realizadas por meios de elementos lúdicos que fazem alusão às ações realizadas por profissionais no cotidiano. Posteriormente, haverá uma seção de codificação, simulando uma ação real de programação. As atividades terão mentoria de colaboradoras da Mastercard.

Sarah Buchwitz, Vice-Presidente de Marketing e Comunicação da Mastercard Brasil e Cone Sul, comenta que a Mastercard globalmente promove iniciativas para incentivar a presença feminina no setor de tecnologia. “O Girls4Tech é apenas um dos exemplos. O programa tem o objetivo de despertar o interesse pelas ciências e mostrar para as estudantes que é possível ter uma carreira nas áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática, um universo ainda predominantemente masculino. Nosso objetivo é alcançar globalmente 200.000 garotas até 2020”, destaca.

Idealizado há três anos pela Mastercard, o Girls4Tech reuniu, em 2016, 41 garotas em São Paulo. Até o momento, o programa alcançou mais de 22 mil meninas em 16 países.

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.