COMUNIDADE
programação

Programa capacitará 60 mil jovens com programação e lógica computacional

Projeto incentiva educadores a aprenderem como incluir tecnologia e lógica computacional na grade curricular

Com o propósito de auxiliar professores a prepararem crianças e jovens para um mundo cada vez mais tecnológico e concorrido, o Programaê! ampliou suas atividades em prol do ensino da programação e lógica computacional na sala de aula.

Lançado em 2014, ele é fruto da parceria entre a Fundação Lemann e a Fundação Telefônica Vivo, e trata-se de um movimento que reúne alunos, professores e pais no sentido de aproximar a programação de jovens de todo o Brasil.

No ano passado, pelo menos 300 mil jovens tiveram a oportunidade de, mensalmente, desenvolver atividades significativas nas plataformas apoiadas pelo programa e 110 mil jovens foram formados nos cursos oferecidos. A meta para esse ano é capacitar mais de 60 mil e ter cerca de 1 mil professores envolvidos na “Jornada do Educador”.

“A proposta do Programaê! não se foca apenas em professores de informática e programação. A lógica computacional estimula o desenvolvimento de várias inteligências, sendo assim, todas as atividades e conteúdos podem ser aplicados por professores de outras disciplinas, desde artes até geografia”, explica Mila Gonçalves, gerente de Projetos Sociais da Fundação Telefônica Vivo.

“Usar a tecnologia e a lógica computacional levando noções de programação para a sala de aula pode parecer um bicho de sete cabeças, tanto para alunos como professores, mas não é. Desenvolvemos planos de aulas que facilitam a inclusão do tema no dia a dia em sala e ainda temos um processo que chamamos de “Jornada do Educador” para auxiliar e estimular professores e gestores com conteúdos e atividades adequadas às suas necessidades. Entendemos que o apoio dos professores é crucial no processo de apresentar o raciocínio computacional para crianças e jovens, ajudando-os assim a terem mais esse conhecimento a sua disposição.” afirma Lucas Rocha, coordenador de Projetos da Fundação Lemann.

Em programae.org.br o professor tem a possibilidade de ensinar seus alunos com o uso de trilhas divertidas, com personagens atuais e conhecidos da criançada, além de se cadastrar em nossa jornada para receber conteúdos exclusivos e também acessar planos de aulas que explicam como colocar a teoria em prática.

“O mais importante é que não é preciso saber programação para começar a usar. Nossa plataforma oferece conteúdo para níveis de conhecimento iniciante, avançado e até para quem já conhece bastante o assunto, mas precisa se atualizar e encontrar maneiras de aplicar a disciplina em sala de aula”, explica Mila Gonçalves, da Fundação Telefônica Vivo.

 

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.