COMUNIDADE

Empreender ou trabalhar em uma empresa de tecnologia são empregos ideias para jovens

Estudo apontou ainda que 37% das pessoas querem construir carreira em grandes companhias

O estudo “Millennials e a Geração Nem Nem”, realizada pelo Centro de Inteligência Padrão (CIP), em parceria com a empresa de pesquisa digital MindMiners, constatou que brasileiros entre 18 e 32 anos, querem construir uma carreira em uma grande empresa de tecnologia, item apontado por 37% dos respondentes, ou buscam empreender, citado por 49% dos entrevistados.

Como é de se esperar, o Google (31%) aparece como empresa dos sonhos para se trabalhar, seguido da Apple e Microsoft (empatados com 3%); Netflix e Facebook (1%).

Além do interesse por empresas de tecnologia, a pesquisa mostrou que 54% dos jovens, no caso de dúvidas na hora da compra, preferem fazer pesquisa pelo celular a falar com um vendedor e 77% deles explicam que, mesmo quando estão em loja física, comparam preços pelo celular antes de decidir realizar a compra. A preferência por marcas que possuem programas de vantagens e benefícios, que tenham valores parecidos com os seus, e sejam sustentáveis, são pontos que incentivam o consumo.

Oportunidades de carreira

Para os que estão em busca de uma oportunidade, a pesquisa revelou que as fontes prioritárias são os contatos pessoais (58%), sites de busca de emprego (56%) e redes sociais (51%).

Quanto aos critérios e às exigências para estar no mercado de trabalho, a maioria se mostrou flexível: 68% dos jovens concordam em aceitar empregos que paguem menos; 82% avaliam como possíveis as oportunidades que estejam fora de sua área de formação; 60% consideram uma outra cidade como local de trabalho, e 45% se dizem dispostos a trabalhar mais que 40 horas semanais.

Para os Millennials, que se consideram ambiciosos, trabalhadores e estudiosos, o papel das empresas é questionado: 76% discordam que as empresas atuam de forma ética; 75% discordam que estão comprometidas a melhorar a sociedade, e 71% discordam que há respeito aos funcionários. Já 63% dos Millennials concordam que existe falta de espaço para quem não tem experiência. Porém, eles reconhecem possibilidades de crescimento dentro das corporações e valorização dos jovens profissionais, com 45% e 39% de concordância.

Ambiente de trabalho

Sobre o ambiente de trabalho, os respondentes indicaram como aspectos mais importantes o incentivo à geração de novas ideias e melhorias (54%). Em seguida estão comunicação aberta e transparente, (47%), e o compromisso com igualdade e inclusão (44%), frente a quesitos como horários e performance monitorados (8%), forte hierarquia e importância de cargos (7%) e tempo reduzido para aprendizado (3%).

Quando perguntados sobre o emprego ideal, equidade de salário e direitos entre homens e mulheres, liderança de pessoas jovens, e inclusão social resumem, como mostram os números abaixo, o que a nova geração espera encontrar nas empresas.

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.