COMUNIDADE
Angélica da T-Systems

Fábrica de líderes integra trilha da VP de Delivery da T-Systems

Angélica Vitali, líder aos 22 anos, vai rechear currículo com programa que dá oportunidade a profissionais da casa

A jornada profissional muitas vezes é desenhada por caminhos inimagináveis. É o que aconteceu com Angélica Vitali, hoje vice-presidente de Delivery da T-Systems Brasil, cargo assumido em 2015. Essa loirinha, baixinha (como se descreve), comanda uma área com mais de 1,5 mil funcionários. E começou cedo a experimentar a responsabilidade de liderar times.

Com 24 anos de experiência na área de tecnologia da informação (TI), Angélica conta uma passagem surpreendente. E, porque não dizer, emocionante. Foi logo depois de iniciar sua carreira de TI na CPM Informática, em 1993, quando assumiu o primeiro cargo de liderança aos 22 anos. “Comandava um time de cem pessoas”, lembra.

Ao ingressar na CPM, Angélica havia deixado anteriormente uma empresa que acabara de dispensar todo um time de colegas. Na posição de líder na nova companhia, pôde contratar todos (todos) os colegas, incluindo os seus ex-chefes. “Foi muito marcante poder dar essa oportunidade a profissionais que tinham minha inteira confiança”, relata com orgulho a executiva com formação técnica em Análise de Sistemas pela Fundação Armando Alvares Penteado (Faap).

Introvertida, confessa, Angélica rompe essa barreira ao lidar com seus times. “Na verdade, sinto que incorporo uma personagem, mergulho no tema e desenvolvo bem o meu discurso. Estou certa de que isso acontece porque amo o que faço. É preciso gostar muito do trabalho que desempenhamos para que ele seja realizado com sucesso”, diz.

Na CPM, aos 25 anos, ela foi responsável por criar a primeira fábrica de software da companhia. “Coleciono uma série de pioneirismos. Também fui a primeira executiva mulher a ocupar cargo de liderança na empresa”, conta, destacando que nunca teve qualquer tipo de problema por ser mulher, ao contrário, sempre obteve apoio. “Mas é necessário ter atitude, paixão. É o que contagia as pessoas”, ensina.

Fábrica de líderes, um sonho

A T-Systems Brasil, provedora alemã de soluções e serviços de TI, conta com essa executiva que traz na bagagem forte conhecimento do mercado local, bem como uma sólida experiência junto aos clientes brasileiros. Angélica ingressou na Gedas em 2003, para atuar na expansão da empresa para o mercado externo e expandir os negócios fora do Grupo Volkswagen.

Em 2007, após a integração da Gedas à T-Systems, foi responsável pela área Application Development and Software Factory (ADSF), e também pelo desenvolvimento do Centro de Produção (PoP), em Blumenau, assumindo em 2009 a posição de Head of SI Business Operations. Em 2012, criou a área de Service da T-Systems do Brasil, onde foi responsável pelo gerenciamento dos serviços e contratos com todos os clientes locais da organização.

Angélica diz estar preparada para a nova era que o mercado de TI vivencia. “Na verdade, todos estão lapidando os seus caminhos no digital. Até porque é preciso ter habilidade para equilibrar o novo e o velho ambiente e também para formar times com diferentes competências e características comportamentais”, revela, acrescentando que a cada dia é hora de recomeçar. “Tudo fica ultrapassado muito rápido.”

Mesmo com uma lista invejável de conquistas, a executiva alimentava um sonho que está prestes a se concretizar. “Este ano criamos um Programa para Médias Lideranças. Não fomos ao mercado. Selecionamos 60 profissionais da casa para treiná-los e torná-los líderes. Essa primeira turma estará formada em novembro deste ano. Para 2018 teremos mais 60”, relata.

Para Angélica, o que irá fazer a diferença nesse mercado não será a tecnologia que oferecem e sim seus profissionais. “O que faz a diferença são as pessoas. Elas é que levarão a T-Systems a se posicionar com vantagem e a se diferenciar em seu setor de atuação”, acredita.

“Vou realizar esse sonho de ver esses profissionais conquistando outro patamar”, comemora a baixinha, loirinha, dona de um grande valor agregado: essência.

Comentários
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem unicamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da IT Mídia ou quaisquer outros envolvidos nessa publicação.

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.