Home > Notícias

Carta de apresentação com o currículo: necessária ou dispensável?

Robert Half conta se empresas valorizam o recurso

Redação

30/08/2018 às 8h38

Foto:

A carta de apresentação é um resumo sobre quem você é e contém informações profissionais suas que serão úteis para que o recrutador possa te avaliar. Ela serve, essencialmente, para você se apresentar a uma candidatura, informar o envio do seu currículo e solicitar a realização de uma entrevista.

A verdade é que saber como organizar as informações em um currículo é ainda mais importante do que enviar uma carta de apresentação, já que a maioria das empresas no mercado brasileiro não pede este documento. A observação é da Robert Half, consultoria de executive search.

Por que uma carta de apresentação?

Segundo texto da Robert Half, publicado em blog, Sua carta de apresentação geralmente não será lida em um primeiro momento para decidir se você participará ou não de um processo seletivo.

Ela tem mais chances de ser lida em uma segunda etapa, antes de uma entrevista – e mesmo assim esse hábito não é tão comum assim.

Pode ser uma boa carta na manga

Se você quiser ter uma carta de apresentação, sem problemas. Prepare sua carta, pois quando te pedirem em algum processo seletivo você já terá o documento pronto para enviar. Mas lembre-se de adaptá-la de maneira personalizada e direcionada para a vaga que você tem interesse.

Enviar ou não uma carta de apresentação?

Cada empresa age de uma maneira. Hoje em dia, a maioria das empresas no mercado brasileiro não pedem carta de apresentação, mas podem haver exceções.

No geral, enviar somente o currículo com duas páginas é mais do que o suficiente.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail