Home > Notícias

CIOs globais são pressionados para resolver problemas de disponibilidade

Rodrigo Garcia

10/12/2014 às 16h28

CIOs globais são pressionados para resolver problemas de disponibilidade
Foto:

Empresas encontram dificuldades consideráveis na hora de atender às necessidades de acesso imediato e “always-on” dos serviços de TI. Segundo dados do relatório “Veeam Data Center Availability Report 2014”, divulgado pela companhia no início deste mês, 82% dos CIOs globais relataram ter problemas com a disponibilidade dos serviços, que acaba impactando diretamente no orçamento das organizações, trazendo prejuízos anuais de aproximadamente US$ 2 milhões em perda de receita, produtividade, oportunidades e dados perdidos por falhas em recuperação nos backups.

De acordo com o estudo, esses custos só vão aumentar à medida que a economia global exigir cada vez mais que os negócios trabalhem com parceiros, clientes e partes interessadas em diferentes fusos horários, pressionando os ativos de data centers a estarem sempre ativos independentemente da localização. Com a previsão de que os mercados emergentes serão responsáveis por 40% do crescimento global nos próximos 15 anos, perder oportunidades globais devido ao tempo de inatividade por causar danos irreparáveis. O CEO da Veeam, Ratmir Timashev, indica que as organizações não podem permitir que milhões de dólares sejam perdidos com falhas de TI.

“A disponibilidade de TI é mais importante do que nunca. Ainda assim, empresas em todo o mundo estão sendo prejudicadas por uma indústria de TI que levou o mercado a acreditar que deve aceitar o tempo de inatividade e que o Always-On Busines não é nada além de fantasia”, ressalta Timashev. A boa notícia é que o cenário está ponto para mudar.

Dificuldades e demandas

Outro ponto relevante da pesquisa foram as dificuldades relatadas pelos CIOs das empresas entrevistadas para atender às demandas solicitadas. Mais de 90% dos executivos ressaltaram estar sob pressão para recuperar dados mais rápido, visando reduzir o impacto financeiros das paralisações não planejadas. Além disso, a realização de backups de dados frequente para eliminar o risco de perda de dados também é muito demandado pelas companhias.

Entre os aspectos que exigem essa disrupção na forma de trabalhar estão a urgência de estabelecer interações mais frequentes e, em tempo real, entre clientes, parceiros, fornecedores e colaboradores, a necessidade de acessar aplicações em diferentes fusos horários, o aumento da adoção de dispositivos móveis, funcionários trabalhando fora do horário normal e um crescente nível de automação para a tomada de decisão e transações.

Para Timashev, empresas precisam descartar o que o mercado fala para elas há anos sobre disponibilidade e exigir melhorias, pois dessa forma, em cinco anos, disponibilidade de aplicativos se tornará um assunto reduntante, enquanto consumidores e empregados ao redor do mundo acessam o que quiserem, quando quiserem.

“Não se enganem, já estamos na era do Aways-On Business. Para manter o ritmo, organizações precisam de tipos de soluções totalmente novos que permitam disponibilidade 24/7 de uma forma que produtos para proteção de dados legados e de backup nunca poderiam fazer. Isso significa alta velocidade, garantia de recuperação de todos os arquivos, aplicativos ou servidores virtuais quando necessário. Significa alavancar dados de backups e ambientes para testar a implantação de novas aplicações, reduzindo o risco de fracasso. Os CIOs reconhecem claramente isso, uma vez que 78% deles planejam mudar o produto de proteção de dados nos próximos dois anos, a fim de obter a disponibilidade que eles precisam. Como resultado, a lacuna de disponibilidade vai começar a se tornar coisa do passado”, conclui.

Metodologia da pesquisa

 O Veeam Data Center Availability Report 2014 é baseado em uma pesquisa on-line com 760 CIOs de companhias com mais de 1 mil empregados nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França, Itália, Holanda, Suíça, Brasil, Austrália e Cingapura. A Vanson Bourne, organização de pesquisa de mercado independente, realizou a pesquisa em nome da Veeam. 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail