Home > RHadar - Tendências e carreira

Entenda a relação entre a tecnologia e produtividade

Tecnologia e produtividade: entenda a relação entre elas e veja como otimizar os resultados do negócio.

Robert Half

17/07/2019 às 10h15

Foto:

Não é novidade que a implementação da tecnologia é vista como uma prática essencial para o sucesso de qualquer negócio. Usada para otimizar processos e gerar vantagem competitiva, a tecnologia também pode se tornar uma importante aliada do time de Recursos Humanos (RH).

Um dos principais objetivos desse time é manter um ambiente produtivo de trabalho, aproveitando ao máximo o capital humano da empresa. Para isso, é possível adotar diferentes tecnologias e tendências, criando uma cultura focada em agilidade e eficiência para os profissionais.

Neste artigo, apresentamos a relação entre tecnologia e produtividade, mostrando como as inovações do mercado podem ser utilizadas para otimizar o ambiente de trabalho. Acompanhe!

Como a tecnologia pode aumentar a produtividade no trabalho?

Normalmente, novas tecnologias são associadas com progresso e inovação, ou seja, a otimização de alguma atividade ou processo. Nesse sentido, elas podem ser utilizadas para melhorar ambientes de produção, bem como fatores que influenciam os indicadores de performance dos profissionais, como gestão do tempo, redução de trabalho manual e controles mais efetivos para realização de tarefas.

Para isso, é importante que essas ferramentas sejam adotadas de forma estratégica, fazendo sentido para os objetivos e práticas da organização.

No entanto, de nada adianta investir em novas tecnologias se a cultura da empresa está voltada para processos e práticas antigas de gestão. Assim, é fundamental que uma mudança no mindset seja feita, garantindo que os colaboradores saibam como aproveitar os benefícios da inovação. Para isso, uma sugestão seria adotar a metodologia ágil como modelo cultural na organização.

Essa metodologia consiste em, basicamente, liderar os projetos de uma forma mais otimizada — não só usando a tecnologia a favor, como ferramentas e softwares, mas também fazendo a gestão de todos os processos de uma forma mais otimizada, organizada e efetiva, quebrando o projeto todo em diversos blocos e acertando o que precisa ser feito em cada etapa e, o mais importante, com acompanhamento de prazos certos e determinados para as entregas. Com isso, a produtividade aumenta e todos se comprometem.

Quais as principais tecnologias que podem ser utilizadas?

Existe no mercado uma variedade enorme de ferramentas tecnológicas disponíveis para serem usadas no ambiente de trabalho, impactando na produtividade dos profissionais. Entre as mais utilizadas, estão:

  • software de gestão ERP: facilita e integra atividades de diversas áreas, como controle de estoque, pedidos, logística, finanças, vendas e marketing;
  • software de CRM: otimiza atividades de relacionamento com o consumidor, normalmente, feitas pelo time de marketing;
  • plataforma de gestão do tempo;
  • canais de comunicação digital: e-mail corporativo, rede social corporativa, plataformas de gestão de projetos;
  • software de gestão específica: criados com objetivos de atividades particulares de uma área, como um sistema de Recrutamento e Seleção, para o time de RH.

De forma geral, as tecnologias usadas para otimizar o ambiente de trabalho são feitas com foco em automação, análise de dados e migração para o meio digital. Assim, os profissionais de todas as áreas podem realizar suas funções com menor trabalho manual e de forma integrada.

O que é a metodologia ágil?

A metodologia ágil consiste num novo formato de gestão de projetos, focado na produtividade da entrega dos projetos, bem como no aumento da eficiência e valorização da atuação humana. Para isso, são usadas pequenas etapas de entregas incrementais, ou seja, o objetivo final é separado em metas de curto prazo.

Criada para atender às necessidades de produção da área de Tecnologia da Informação (TI), hoje, a metodologia ágil pode ser usada de forma macro dentro das empresas, como um modelo produtivo que viabiliza o change management — movimento incentivado pelo time de RH de mudança cultural e que engaja toda a organização.

Nesse sentido, a metodologia ágil está totalmente relacionada com mudança da cultura da empresa. Assim, o sucesso de uma possível migração para essa forma de trabalhar depende do engajamento dos colaboradores. Para isso, é preciso mostrar, através de resultados, o benefício que a metodologia proporciona, não só para a corporação, mas também para a rotina dos profissionais.

Como fazer sua implementação na empresa?

De maneira geral, a adoção da metodologia ágil começa dentro do time de TI da empresa, onde os profissionais já têm essa prática como padrão em suas atividades. Outra forma de implementar o modelo é por meio de um projeto de grande importância para o negócio, alterando o fluxo para algo mais ágil, que engaja os profissionais e mostra os benefícios práticos do processo.

A metodologia pode ser usada em diversos projetos da organização, envolvendo colaboradores de várias áreas para formar times multi-disciplinares que contribuem com diferentes visões para em cada etapa. Assim, os resultados são mais eficientes e esses profissionais se tornam porta-vozes da mudança dentro da organizacional, tornando esse processo algo natural.

Para otimizar esse processo é importante investir em treinamentos e mudança do mindset da liderança, garantindo que a metodologia é incentivada por esses colaboradores. Assim, os demais membros da equipe passam a adotar as características do modelo em suas atividades.

Além disso, a prática é importante para lidar com possíveis resistências à mudança da cultura, normalmente apresentadas por colaboradores antigos, acostumados com o cenário anterior. A liderança pode optar por alterar a estrutura de funcionários, bem como adotar ferramentas de medição, avaliando a eficiência de práticas usadas para incentivar a nova cultura.

 Quais são as principais vantagens da metodologia ágil?

Conforme citado, esse modelo apresenta uma série de benefícios para a organização e seus colaboradores. Abaixo, listamos os 4 principais. Veja!

1.Aumento da produtividade

A primeira vantagem é o aumento da produtividade. Isso acontece como resultado da melhor gestão do tempo e organização de tarefas, realizadas com ajuda de outros colaboradores, bem como de ferramentas e tecnologias que otimizam todos as etapas de um projeto — como reuniões mais curtas e efetivas e execução de tarefas definidas de forma clara.

2. Aproveitamento de recursos

O conceito de metodologia ágil envolve a adoção de práticas e processos que otimizam as entregas de um projeto, sendo assim, a compra e uso de recursos é feita conforme os objetivos de cada meta. Com isso, não há desperdícios ou investimentos em ferramentas que não são usadas.

3. Satisfação interna

Outro benefício da metodologia ágil é a criação de um ambiente de trabalho saudável e produtivo, que promove o bem-estar e incentiva o melhor nos colaboradores. Com isso, um contamina o outro de forma positiva e a satisfação interna cresce, minimizando a taxa de turnover da organização.

4. Retorno financeiro

Como resultado de um ambiente mais produtivo, que apresenta boa gestão do tempo e entregas otimizadas, bem como melhor aproveitamento de recursos, o retorno financeiro da empresa tende a aumentar. Assim, o negócio se torna mais lucrativo.

Fica evidente que adotar a metodologia ágil é uma ótima estratégia para qualquer organização que deseja otimizar os resultados de seus indicadores de desempenho, como a produtividade. Além disso, a tecnologia apresenta um papel fundamental nesse processo, proporcionando as ferramentas corretas para alcançar os objetivos da empresa.

Gostou de conhecer a relação entre tecnologia e produtividade? Então, não se esqueça de assinar a nossa newsletter para receber mais conteúdos como esse no seu e-mail!

* Por Mariana Horno, gerente de recrutamento da Robert Half

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail