Home > Por dentro da IT

“Nós não somos só comida”

IT Mídia

26/01/2016 às 15h47

Foto:

Inesgotável é a nossa capacidade de desejar. Mas, se eu fosse elencar um único pedido para este novo ano, escolheria a condição que move a realização de todos os nossos planos: a inspiração. Nós precisamos nos sentir inspirados, para então nos percebermos também mais aptos, resistentes, vivos. Para estarmos conectados com nossos propósitos e com tudo o que é essencial, belo e feliz em nossas vidas.

Foi essa a experiência que vivenciamos a bordo de um cruzeiro pelos rios Negro e Solimões, no final de 2015, junto com CEOs convidados do Leadership Academy. Durante quatro dias navegando pelas águas da Amazônia, o tema sustentabilidade e liderança sustentável inundou nossos pensamentos, que às vezes eram interrompidos por uma pergunta insistente: “Você está com sinal aí?”.

Os serviços de voz e dados ressurgiram em curtos períodos durante a viagem, e essa limitada conexão com o que existe fora de nós nos ajudou a olhar para dentro. A nos reaproximar com o que habita cada indivíduo. E então, na imersão no ecossistema local, enfrentamos alguns estranhamentos: o dilema sobre o que vestir para a trilha; o rústico modo de vida das comunidades ribeirinhas; o corpo inundado de suor, durante a caminhada na mata fechada; e a tentativa de enxergar, na escuridão da noite, os olhos brilhantes dos jacarés encostados à margem do rio. 

Em todas essas circunstâncias, não havia teoria alguma a discutir. Apenas entendimento empírico, intenso e real. Um processo de aprendizagem que entra pela pele. Assim, as palavras de Marina Silva, uma das maiores porta-vozes da sustentabilidade no País e palestrante do evento, pareciam aterrizar com facilidade em nossa mente: “O índio mais isolado não tem como se esconder da crise ambiental. Ele está dentro dela. Também não tem como fugir da crise econômica. Ele está dentro dela”.

Nos olhares de Marina e dos convidados, havia mais do que conhecimento adquirido. Havia inspiração.

Criar condições para que a força inspiradora e o potencial criativo floresçam nos líderes do setor é o objetivo que continuamos a perseguir em 2016. Desta vez, a partir de uma combinação pouco óbvia para a lógica do nosso dia a dia: liderança e arte.

Na segunda edição do Leadership Academy, reuniremos alguns dos principais CEOs da indústria de TI no Brasil em quatro momentos, ao longo do ano. E a imersão do tema começa no Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo, no dia 2 de março, para contemplarmos a obra de Tim Burton. Já o fechamento dessa jornada será em Inhotim, perto de Belo Horizonte, onde mora um dos museus (a céu aberto) mais interessantes do mundo, e Ouro Preto, marco histórico e cultural brasileiro. Porque, como Marina também define ao defender o valor estético das coisas, “nós não somos só comida”.

Somos carne, mas também somos imaginação, intuição e sensibilidade. Um líder não pode deixar que tais habilidades sutis lhe faltem.

Eu me lembro de que, quando o quarto e último dia do Leadership Academy amanheceu, os sinais de voz e internet, pouco antes do desembarque, tinham retornado de vez. Mas eu acredito que nem tudo voltou a ser como era antes. Porque, se a busca por um mundo e por lideranças transformadoras exige inspiração, nós estamos tomados por ela. E queremos que você esteja também.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail