Home > Inteligência de Mercado

Orgulhem-se! Nós somos a TI do Brasil!

Sergio Basilio

06/08/2018 às 18h21

Foto:

A desesperança é o sentimento mais presente nos corações e nas mentes dos brasileiros no momento. Alguns fatos que aconteceram nos últimos anos levaram a isso. Após 2 anos de desastre econômico, a recuperação iniciada com o governo Temer foi sacudida pela revelação da gravação da conversa noturna com um diretor da JBS, que estarreceu o país. A operação Lava-Jato mostra, faz 4 anos, existir uma conspiração de alguns servidores públicos, políticos e empresários para saquear o país. O valor do roubo assusta! A greve de 10 dias dos caminhoneiros no mês de maio deste ano deixou 208 milhões de pessoas de joelhos, e tirou 1 ponto percentual do PIB previsto para 2018. Os candidatos a presidente nas eleições de outubro, definitivamente, não nos transmitem esperança que servirão ao povo, mas sim que continuarão servindo-se dele. E, para completar, a perda da Copa acentuou o desânimo dos brasileiros. Ufa! Que fase, hein? Uma das consequências mais nefastas deste pessimismo geral é o desejo de muitos dos jovens, nosso valioso capital humano, de ir morar fora do país.

Nós, fabricantes, distribuidores, revendas e integradores, que formamos o ecossistema de TI, fomos igualmente afetados. Mas coisas boas continuam acontecendo no nosso setor. O Brasil é o nono maior mercado de TI do mundo! Isso não mudou! A Westcon do Brasil Ltda. eleita pela Microsoft, num evento mundial, o parceiro do ano para o Brasil e melhor parceiro latino-americano na venda indireta do ano de 2018, confirmando a liderança brasileira na região. Nossa vocação para o setor de software, que nunca obteve benefícios de governos, é inconteste. Lembrando que a maioria das tecnologias disruptivas do momento, como a Inteligência Artificial, são programas de computador, temos um enorme potencial para sermos atores importantes na TI do futuro. As startups brasileiras de TI multiplicam-se numa velocidade impressionante, de novo, sem apoio do estado.

A história da indústria de TI no Brasil remonta à década de 1960, tendo como atores principais a Marinha do Brasil, a Unicamp e a PUC-RJ. Desde então nossa comunidade só cresceu. De 1984 a 1991 o governo federal criou uma reserva de mercado para a Informática. O objetivo era criar uma indústria brasileira de TI. Não deu certo. Confundiram Tecnologia da Informação com fabricação de computadores. Seguimos em frente e, com a liberação das importações, a nossa indústria floresceu.

Hoje somos mais de 14.000 empresas que empregam mais de 600.000 funcionários, grande parte de nível superior. Nós levamos tecnologia a milhões de empresas e lares em todos os 5.500 municípios do país! Sem tecnologia empresas não conseguem inovar e, consequentemente, sobreviver. Sem tecnologia as pessoas não se comunicam, estudam e se divertem. Nós, a TI do Brasil, somos os atores, escondidos muitas vezes, deste show! Orgulhem-se!

O mercado de TI do Brasil para 2018 está estimado em US$40B. Somando-se o mercado de Telecomunicações, chegamos a mais de US$100B! Este dinheiro está em cima da mesa. Vai consegui-lo quem acreditar no papel transformador da TI brasileira, no trabalho e no investimento, e não quem ficar reclamando da fase ruim!

Sergio Basilio é Diretor Comercial da Westcon Brasil

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail