Home > Notícias

Comece a pensar como uma startup

Déborah Oliveira

16/01/2017 às 10h37

Comece a pensar como uma startup
Foto:

Rápidas mudanças no comportamento do consumidor continuam a ser um desafio para alguns varejistas tradicionais. Geralmente, eles permaneceram estagnados em suas antigas estratégias, se esforçando para gerar vendas e permanecer relevantes no mercado moderno. Mas as marcas de sucesso, no entanto, têm algo em comum: elas não temem a mudança.

Empresas que continuam a prosperar são ágeis, mudam com o tempo e abraçam novas ideias. Marcas como Zara, H&M e Nike adotaram essa mentalidade - estimulando vendas, proporcionando aos clientes conveniência e alta satisfação. Mais uma vez, em comum, elas têm o pensamento de startups.

Companhias que ratificaram esse modelo no início destacam-se e os negócios tradicionais precisam fazer o mesmo. Eles podem fazer isso melhor aproveitando seus dados para entender o que os clientes querem e alterar a abordagem de modelagem para sustentar as vendas. “As marcas tradicionais precisam parar de competir consigo mesmas”, aconselha Mona Bijoor, fundadora e CEO da JOOR, marketplace de roupas on-line.

Mona aponta que as marcas tradicionais precisam ir para o digital ou ficarão para trás. E  o mobile commerce é um importante passo nessa estratégia. A Forrester prevê que as vendas no comércio eletrônico nos EUA crescerão mais de US$ 530 bilhões até 2020.

A Nike tem apostado nesse caminho. A gigante do sportswear quer crescer 250% em mobile commerce nos próximos cinco anos. Investir em dispositivos móveis permite que empresas comuniquem mensagens mais personalizadas aos seus consumidores e criem experiências personalizadas para clientes segmentados.

Mona alerta, no entanto, que à medida que o mercado cresce, se conectar com o cliente é fundamental. “A sobrevivência no varejo está se tornando difícil. As marcas que são eficientes, flexíveis e empregam o serviço de cliente são as que terão sucesso”, aponta.

Segundo ela, empresas da próxima geração oferecem uma atraente combinação de marca, tecnologia e talento e têm acesso direto aos consumidores. A velocidade das mudanças de tecnologia de varejo é impressionante - enquanto estas podem ser soluções para hoje, não se surpreenda se elas mudarem amanhã.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail