Home > Notícias

Como desenvolver um negócio de sucesso com a IoT?

Fabiana Rolfini

07/11/2017 às 15h08

Foto:

O número de dispositivos conectados cresce a cada dia. Segundo dados de consultorias de mercado, somente neste ano serão 29 bilhões de objetos conectados. E para acompanhar o ritmo de crescimento da internet das coisas, as empresas devem estar atentas às tecnologias e estratégias se quiserem desenvolver um negócio de sucesso.

Relativamente novo no campo do design, o conceito do design de serviços surge como uma importante ferramenta nesta missão ganhando cada vez mais espaço no cenário corporativo. Por meio dele, é possível criar soluções de problemas complexos e desenvolver negócios inovadores que sejam econômicos, eficazes e gerem experiências positivas aos usuários e prestadores de serviços, conforme abordado nesta terça-feira, 7, durante o IT Forum Expo 2017, realizado em São Paulo.

De acordo com Guto Bellusci, CEO e Business Designer da COISA Lab Design & Tecnologia para IoT, o design de serviços é centrado no ser humano através da abordagem do design thinking e pensamento sistêmico. “Embora seja fundamentado em conceitos de marketing, ele é na verdade uma estratégia de negócios”, enfatizou durante sua apresentação no evento.

O design de serviços para IoT abrange aplicar o processo de design multidisciplinar, centrado no usuário, considerando as inúmeras possibilidades que os sensores e as plataformas de IoT oferecem para inovar em processos internos ou em novos serviços aos clientes.

Além do foco no usuário, o conceito é baseado no trabalho em equipe, na abordagem multidisciplinar e percepção de valor. “Um rolo de papel higiênico com a ponta dobrada no banheiro do quarto de um hotel é um exemplo de design de serviço”, especificou o executivo, acrescentando que qualquer empresa, independentemente do segmento, pode construir projetos relevantes e eficientes de design de serviços rumo ao sucesso de um empreendimento.

“O design de serviços é para todos, é um conceito democrático. O grande diferencial está em criar propostas mais relevantes para os usuários e mais eficientes às empresas”, finalizou.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail