Home > Colunas

Como otimizar o processo de vendas na era das transformações?

Um dos fatores mais críticos de uma empresa é, sem dúvida, a sua estabilidade comercial, que é responsável por trazer receitas e clientes.

Victor Vitorette

20/07/2019 às 22h35

Foto: Shutterstock

Um dos fatores mais críticos de uma empresa é, sem dúvida, a sua estabilidade comercial, que é responsável por trazer receitas e clientes. Os clientes, por sua vez, com o avanço da acessibilidade virtual, têm em mãos, de forma rápida, qualquer tipo de oferta e mercado, adquirindo velozmente informações detalhadas sobre as empresas, produtos ou serviços que estão sendo oferecidos.

Segundo números levantados pela Hootsuite e We Are Social, o brasileiro fica, em média, 9 horas e 14 minutos por dia conectado, dado que o coloca como em terceiro lugar mundialmente, atrás apenas de países como a Tailândia e Filipinas. Todos esses fatores, juntos, fazem com que os clientes tenham maior poder de decisão. E eles irão escolher as empresas que oferecerem os melhores atrativos. Portanto, mudou-se a forma de vender. Continuar “empurrando” produtos ou serviços nos modos tradicionais é um hábito que pode estar com dias contados.

Visualizando isso, as empresas passaram a utilizar de forma definitiva o marketing nas redes sociais, onde o público e audiência passa seu maior tempo. E com a democratização de acesso e velocidade de inovações, a cada dia surgem uma enxurrada de novos produtos, aplicativos ou métodos que prometem e juram revolucionar a vida de todos. Não há como negar que estamos em outra era. Hoje, as empresas se caracterizam por serem extremamente dinâmicas e cada vez mais o conhecimento é valorizado. Portanto, é necessário entender a realidade, necessidade e adaptar-se a forma de comprar do seu cliente.

Para isso, empresas que já visualizaram este cenário estão utilizando de ferramentas essenciais como o “Funil de Vendas”, personalizando-a para sua realidade. O seu objetivo é otimizar o processo de vendas, que consiste em mapear o caminho em que seu cliente percorre até ser conquistado, para quebrá-lo em grupos ou macroetapas. Entendendo este processo de vendas, você classifica seus clientes, refletindo em qual estágio cada um se encontra. Assim, a empresa gera ações específicas para “escoar” aquela etapa em que o maior número de clientes está “parando”, aumentando sua eficiência comercial. Cada etapa é medida com indicador, possibilitando criar metas mínimas ou máximas.

Não se engane, pois não existem truques ou mágica para conquistar resultados, o que precisa é de muito trabalho. Por isso, com auxílio de métodos, você conseguirá identificar e concentrar esforços no que é mais importante no momento e será mais assertivo em suas tarefas.

*Por Victor Vitorette, CEO da Ferreira Filho Associados

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail