COMUNIDADE

Jaguar Land Rover investe US$ 25 mi na Lyft para avanços em tecnologias de carros autônomos

Como parte do acordo, frota de veículos será disponibilizada para testes

A cada semana, a indústria automotiva e empresas de tecnologia dão provas que a tecnologia da vez são carros autônomos. A novidade da vez vem da Jaguar Land Rover, maior fabricante de automóveis do Reino Unido, que anunciou que sua unidade de serviços de mobilidade, a InMotion Ventures, investirá US$ 25 milhões na empresa norte-americana de transportes compartilhados Lyft, rival da Uber.

O foco é que a companhia ajude a desenvolver e testar tecnologia de carros autônomos. Uma frota de veículos Jaguar e Land Rover será disponibilizada, semelhante ao que ocorre na parceria Uber e Volvo, que iniciaram testes com veículos autônomos na Califórnia.

Sebastian Peck, diretor da InMotion, afirmou que a companhia está entusiasmada em colaborar com uma plataforma líder como a Lyft, não só no desenvolvimento de soluções de mobilidade premium, mas também na elaboração de soluções inovadoras para os problemas de transporte que enfrentam os clientes da Jaguar Land Rover. “A mobilidade pessoal e o transporte inteligente estão evoluindo e esse novo empreendimento colaborativo proporcionará que uma plataforma do mundo real nos ajude a desenvolver nossos serviços conectados e autônomos”.

John Zimmer, presidente e co-fundador da Lyft, comenta que a emrpesa prevê um futuro em que a mobilidade compartilhada irá transformar cidades e melhorar a vida das pessoas. “Essa parceria nos ajudará a alcançar esse objetivo ambicioso”.

Já Hanno Kirner, Diretor Executivo de Corporate and Strategy da Jaguar Land Rover, comenta que este é um investimento estratégico para ambas as partes à medida que traz novas soluções de mobilidade para os clientes. “Colaborar com um negócio de tecnologia em expansão como a Lyft vai nos ajudar a acelerar nossas ambições”.

Corrida
Na última semana, por exemplo, o Grupo BMW mostrou suas etapas de desenvolvimento desse tipo de veículo e afirmou que estima 2030 como o ano para carros autônomos conseguirem de fato se movimentar completamente sozinho, segundo as regras das vias e condições de tráfego.

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.