COMUNIDADE
IoT

Magic Software anuncia programa de parceria tecnológica para internet das coisas

Objetivo é contribuir com startups e empresas nos projetos de integração de dados para a comunicação entre sistemas legados e APIs

A Magic Software, fornecedora de plataformas de desenvolvimento e integração de sistemas, acaba de anunciar o Programa de Parceria Tecnológica para IoT, com a finalidade de contribuir com startups e empresas nos projetos de integração de dados coletados em dispositivos e aplicações para a comunicação entre sistemas legados e APIs, com destaque aos sistemas MES (Manufacturing Execution System), WMS (Warehouse Management System), TMS (Transportation Management System), CRM entre outras aplicações.

Segundo Rodney Repullo, CEO da Magic Software Brasil, a empresa possui um Centro de Apoio à Integração que permite aos desenvolvedores e consultorias desenhar a aplicação de barramentos de integração, aliviando a carga de trabalho das equipes nas atividades relacionadas à execução da internet das coisas (IoT). “Como a IoT envolve muitos detalhes, pensamos em um Programa de Parceria Tecnológica altamente aderente às necessidades de cada projeto para possibilitar que possam ser entregues com menor tempo de desenvolvimento e com elevada eficiência. Como a IoT é uma nova oportunidade, muitas empresas de tecnologias e startups estão chegando neste mercado e necessitam poder contar com o apoio à altura dos novos desafios”, comenta o executivo.

O Programa de Parceria Tecnológica para IoT da Magic Software é baseado na utilização das plataformas de desenvolvimento e integração, sendo que os serviços do Centro de Apoio à Integração também incorporam a capacitação na utilização destas ferramentas e premissas de integração. “Ambas as plataformas estão preparadas para o futuro e isso é uma condição vital para que os projetos de IoT tenham a garantia de atualização permanente. Os recursos de interoperabilidade com APIs, computação em nuvem e mobilidade empresarial contribuem para isso”, destaca o executivo.

Para Rodney Repullo, a internet das coisas tem possibilitado uma ampla gama de aplicações em diversos setores, com ênfase para a medicina e saúde, indústria alimentícia, varejo, logística e transportes. “Tratar corretamente os dados criados com estas aplicações tem aumentado o desafio dos gestores dos projetos, sendo que a dispersão das informações pode acarretar em perda substancial de tempo e recursos em cada etapa do projeto. Ter em mãos um ambiente heterogêneo de comunicação de dados é condição sine qua non para o sucesso de cada projeto. Muito ainda se tem para evoluir em IoT e, por isso, é necessário se cercar de parceiros tecnológicos capacitados para pode seguir em frente”.

 

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.