COMUNIDADE
Leilões de 5G acontecerão depois de 2020

Leilões de 5G acontecerão depois de 2020, afirma Anatel

Entidade quer esperar que reguladores e operadoras concordem com termos de larga de banda

O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Juarez Quadros, afirmou ontem (10/01) que vai licitar os direitos para operar redes 5G depois de 2020. A entidade quer esperar que reguladores e operadoras concordem com os termos relacionados à largura de banda e às frequências adotadas pela nova tecnologia.

Para que possam migrar do modelo de licenciamento atual, teles terão de investir um valor igual ao dos chamados “bens reversíveis” da telefonia fixa, afirmou Quadros. Pode ser, no entanto, que a lei de licenciamento mude. Uma alteração da lei está em análise no Congresso e espera aval do presidente do Brasil, Michel Temer.

Alguns países já estão mais avançados no quesito 5G e 2022 deve, de fato, marcar o início da operação da rede em alguns lugares do mundo. Recentemente, a operadora norte-americana AT&T realizou o primeiro teste 5G com clientes empresarias nos EUA. Foi utilizada tecnologia de onda milimétrica (mmWave) para a experiência realizada em um dos escritórios da Intel em Austin, no estado do Texas. Teles em solo nacional também estão em fase de testes.

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.