COMUNIDADE

Vivo Empresas cresce 40% no primeiro ano de operação

"Temos nos preocupado em parar, pensar e nos colocar no luga

Para chegar a tal resultado, a companhia tem como objetivo aprimorar a forma de atuação, focar na qualidade de serviço e ampliar seus esforços na ‘formação’ dos usuários em relação à tecnologia e aos benefícios que ela pode trazer para os negócios, especialmente entre as companhias de pequeno e médio portes. “Há uma falta de conhecimento do mercado, que é uma falha de toda a indústria”, avalia o executivo. “Nossa intenção é tentar suprir essa carência de informações principalmente com mais material explicativo e pessoal em campo.”

A expansão do uso das aplicações de dados é outra meta da tele para o próximo ano. Apesar do aumento de 60% na receita gerada por esse tipo de serviço desde janeiro, o potencial de crescimento ainda é alto. “Entre as pequenas e médias, praticamente 80% da receita vem dos serviços de voz”, revela Teixeira. O executivo conta ainda que, entre os 175 mil clientes corporativos da operadora, aproxidamente 1,5 mil utilizam os serviços baseados em CDMA 1xRTT. “Porém, se pensarmos que a maior parte desses usuários está entre as cerca de 8 mil contas grandes e nacionais, já é um número significativo”, pondera.

Comentários
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem unicamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da IT Mídia ou quaisquer outros envolvidos nessa publicação.

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.