COMUNIDADE

Furukawa mira soluções para o mundo conectado

Soluções de comunicação para infraestrutura de redes elétricas inteligentes (smart grids), de smart cities e de internet das coisas (IoT) têm lugar de destaque na estratégia da Furukawa. Com o foco em soluções para o mundo conectado, a empresa apresentou novidades para o mercado corporativo e de data centers, para redes ópticas e redes de […]

Soluções de comunicação para infraestrutura de redes elétricas inteligentes (smart grids), de smart cities e de internet das coisas (IoT) têm lugar de destaque na estratégia da Furukawa. Com o foco em soluções para o mundo conectado, a empresa apresentou novidades para o mercado corporativo e de data centers, para redes ópticas e redes de transporte de alta capacidade.

Para o segmento de smart grids, a Furukawa traz a nova tecnologia OPDC (Optical Distribution Cable), que permite fazer a transmissão de energia elétrica e de dados em banda larga ao mesmo tempo, pelo mesmo cabo. Trata-se de um cabo híbrido, cobre com fibra óptica no interior, que oferece a robustez exigida pelo sistema elétrico e o meio físico confiável para a comunicação – essencial em uma rede inteligente. Totalmente desenvolvida no Brasil, a solução OPDC destina-se a redes de distribuição de energia (de média tensão) e substitui o cabo metálico convencional – seja ele mensageiro, fase ou neutro.

Comunicação óptica

Outro destaque para esse segmento é a solução de comunicação óptica FiberMesh, desenvolvida para atender serviços e aplicações de missão crítica, que exigem uma rede integrada, confiável, segura, de alto desempenho e disponibilidade – por exemplo, nas áreas de distribuição de energia elétrica e cidades inteligentes.

A solução Furukawa inclui um equipamento de comunicação robusto e compacto, que realiza o roteamento dos pacotes de dados em até quatro rotas ópticas distintas – o que garante a redundância do sistema e a continuidade do funcionamento do canal de comunicação, mesmo que ocorram múltiplas falhas na rede. Permite a rápida localização da falha e o isolamento do trecho em que ocorreu, agilizando o reparo do problema.

A Furukawa sugere a combinação dessas duas soluções, de modo a viabilizar a convergência de todos os serviços de automação e telecomunicações em uma única infraestrutura. Associada a outras tecnologias, essa infraestrutura pode ser utilizada também na expansão do conceito de cidades inteligentes, em aplicações como iluminação pública, controle semafórico e segurança pública, entre outras. Nelson Saito, gerente geral de Engenharia e Aplicações de Produtos na Furukawa Electric LatAm, lembra que a topologia mesh da rede de fibra óptica criada com a solução FiberMesh é apropriada para o uso em cidades, que têm arquitetura em malha.

Gerenciamento de rede

Para o mercado de data centers, a Furukawa está lançando o Sistema de Gerenciamento de Camada Física, que complementa a linha ITMAX. Baseada em tecnologia NFC (near field communication), a solução é constituída de software de administração e controle, hardware controlador, componentes em cobre (patch panel e patch cords) e solução em fibra óptica (DIO, cassetes e cordões), todos integrados em um único sistema capaz de suportar configurações cross-connect e inter-connect.

Permite identificar e monitorar visualmente (em 3D) todos os eventos e manobras que ocorrem na rede, além de integrar toda a documentação da infraestrutura física da rede de comunicação em um único sistema. A solução é indicada também para o mercado Enterprise.

Redes ópticas de acesso

A novidade da Furukawa nessa área é a solução EZ!LUX FTTA, que tem como foco condomínios verticais (residenciais ou comerciais). “O conceito da linha EZ!LUX é o de pay as you grow, ou seja o investimento é feito conforme a necessidade de expansão, para levar a fibra óptica até o novo cliente”, explica Nelson Saito.

A solução EZ!LUX FTTA (Fiber-to-the-apartment) permite levar esse conceito aos edifícios, que podem começar instalando uma caixa de piso (Roseta Flex) para atendimento do primeiro cliente e, em função da demanda, acrescentar o módulo de expansão com splitter interno CEIP Flex (com capacidade para atender até oito assinantes).

Redes de transporte

Quando backbones precisam ser implantados em regiões críticas, muitas vezes o rádio é a solução com o melhor custo-benefício. Para esses casos, a Furukawa oferece a nova geração de rádios FW-2200-3D, que opera na frequência licenciada de 2,2 GHz em UFH (Ultra High Frequency) e não necessita de visada direta (Non Line of Sight, ou NLOS). Como foi desenvolvido para backbone, o equipamento pode ser usado agregado a várias redes: além das interfaces Ethernet, possui também uma matriz de comutação dedicada para TDM, por meio de interfaces E1. É um produto indicado para operadoras de telecomunicações e para atender municípios de pequeno porte.

 

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.