Home > Notícias

Departamento de Segurança dos EUA alerta para riscos de manter Windows Server 2003

Déborah Oliveira

14/11/2014 às 15h15

Departamento de Segurança dos EUA alerta para riscos de manter Windows Server 2003
Foto:

O suporte para o Microsoft Windows Server 2003 e o Windows Server 2003 R2 está chegando ao fim. Programado para terminar no dia 14 de julho de 2015, a Microsoft não aplicará mais atualizações ou correções na tecnologia. Por essa razão, o Departamento de Segurança Nacional dos Estados Unidos (DHS, na sigla em inglês) emitiu um alerta esta semana dizendo que departamentos de TI que rodam softwares não suportados pela fabricante podem estar sujeitos a riscos de segurança, compatibilidade com hardware e desafios de compliance.

O Wall Street Journal (WSJ) divulgou em setembro que companhias em todo o mundo estão suscetíveis a um número estimado de 23,8 milhões de ocorrências físicas e virtuais com o Windows Server 2003. A tecnologia é largamente utilizada por setores como saúde, governo e serviços públicos e varejo.

Em seu site, a Microsoft diz que há diversas opções e recursos disponíveis para realizar a atualização e a migração de dados, serviços e aplicações para o Windows Server 2012 R2. Segundo a empresa, “o processo é simples e formado por quatro etapas: descoberta, avaliação, escolha do destino e migração rumo à próxima fase da evolução de seu data center”.

Ao WST, Scott Woodgate, diretor de marketing de produtos de cloud e enterprise da Microsoft, disse que o alerta DHS foi um passo importante para os clientes da Microsoft. 

De acordo com a reportagem, há um movimento das empresas de reforçar a tecnologia com soluções de segurança ou então virtualização. “Alguns gerentes de TI acreditam que podem virtualizar o Windows Server 2003 e ainda manter o ambiente seguro, ou que podem levá-lo para a nuvem”, diz e completa: "Nenhuma dessas coisas são verdadeiras”. Segundo ele, “não há nada que possa ser feito para para garantir questões fundamentais de segurança em uma tecnologia que não terá suporte”, finaliza.

*Com informações do WSJ

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail