Home > Notícias

Depois de regulamentação em SP, Uber ficará mais caro

Déborah Oliveira

19/07/2016 às 11h55

Depois de regulamentação em SP
Foto:

A Prefeitura de São Paulo autorizou hoje (19/7), por meio de regulamentação publicada no Diário Oficial da União (DOU), o  funcionamento do Uber como serviço individual de transporte privado. 

Após a medida, no entanto, a Prefeitura estipulou que o Uber pague R$ 0,10 por quilometro rodado aos cofres públicos, medida que será repassada aos usuários na forma de aumento da tarifa aplicada.

Ao jornal O Estado de S. Paulo, o porta-voz do Uber no Brasil, Fabio Sabba, afirmou que o impacto da cobrança da taxa por quilometro rodado será reduzido, argumentando que para que a tarifa aumente em R$ 1 o usuário precisará percorrer pelo menos 10 Km.

Além disso, segundo o executivo, a taxa cobrada pelos órgãos públicos será mostrada aos usuários nos e-mails de prestação de serviços que todos recebem após uma corrida.

Ao contrário do que acontece com táxis que vão para Guarulho e cobram taxa adicional, o Uber não vai aplicar taxa extra. Segundo informações do jornal, a  tarifa da prefeitura será cobrada apenas no trecho de São Paulo. Em viagens que cruzam distâncias maiores, como da capital para o Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, quando o carro deixar o município, o aplicativo saberá, pelo GPS, que deverá deixar de fazer a cobrança extra.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail