COMUNIDADE

4 percepções sobre o futuro do mundo digital

Estudo questiona se sociedade está pronta para o que está por vir no campo digital

A Internet Society (ISOC), organização sem fins lucrativos dedicada a garantir o desenvolvimento, a evolução e o uso aberto da internet, divulgou relatório sobre o futuro da internet. Para a entidade, os próximos anos da web podem ser classificados como frágil e incerto.

Confira abaixo quatro das principais conclusões do estudo:

1. Inteligência artificial (AI) e internet das cosias (IoT) mudam vidas, mas podem ser transformadas em “ferramentas de uma sociedade da vigilância”

AI e IoT detêm um imenso potencial de simplificar e melhorar a vida das pessoas — mas somente se a ética orientar seu desenvolvimento tecnológico e guiar seu uso.

Como a IA e a IoT permitem coletar quantidades imensas de informações pessoais, existe um risco de que a falta de proteções adequadas e controle do usuário possa criar uma “sociedade da vigilância”.

2. Preocupações com segurança podem prejudicar liberdade e direitos pessoais

Problemas de cibersegurança vão pressionar governos a tomar decisões que podem destruir a governança global aberta e distribuída da Internet.

Medidas que podem ter a intenção de garantir a segurança do ciberespaço podem minar direitos e liberdades pessoais. Sem uma mudança de rumo, a liberdade online pode estar se aproximando de um ponto de declínio irreversível.

3. Otimismo ainda reina

Usuários mais jovens e os de países em desenvolvimento estão especialmente otimistas com o futuro da internet e a possibilidade de usar a tecnologia para melhorar sua vida e construir seu futuro.

4. A natureza da divisão digital vai mudar

Com a internet transformando todos os setores da economia global, as divisões digitais do futuro não aparecerão apenas no acesso à internet, mas no hiato entre as oportunidades econômicas disponíveis a alguns e indisponíveis a outros.  O elo entre segurança e prosperidade econômica crescerá, levando a uma possível divisão de segurança que separa as pessoas e os países que conseguem proteger seus ativos digitais dos que não conseguem.

Afastamento da sociedade

Alguns dos entrevistados demonstraram preocupação com a ameaça das novas divisões e com o fato de como elas não só intensificarão as diferenças entre os países, mas também a sociedade como um todo.

Em especial, o relatório explora o surgimento de uma nova divisão de segurança e confiança caracterizado por ameaças cibernéticasl. Os riscos que continuam se multiplicando e uma maior discrepância entre usuários que sabem como navegar com segurança e os que não têm conhecimento e recursos para se proteger no mundo on-line.

“Descobrimos que as pessoas compartilham dois sentimentos simultaneamente e em igual medida: o otimismo e a desilusão quanto ao futuro da internet”, sintetiza Sally Wentworth, vice-presidente de política global da Internet Society.

Segundo ela, embora nada sobre o futuro seja garantido, sabemos que a humanidade deve ser o ponto central da internet do amanhã. “A web deve continuar ajudando as pessoas e criando novas possibilidades sociais e econômicas para cumprir o objetivo que fundamentou sua criação. Devemos ter atenção aos alertas deste relatório e começar a agir hoje para ajudar a manter a internet disponível para todos e em todos os lugares no futuro”, acrescentou.

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.