Home > Notícias

Embaixador dos EUA na Alemanha é chamado para esclarecer acusação de espionagem

Déborah Oliveira

02/07/2015 às 17h24

Embaixador dos EUA na Alemanha é chamado para esclarecer acusação de espionagem
Foto:

O embaixador dos Estados Unidos na Alemanha, foi convidado hoje (2/7) a comparecer à chancelaria alemã para explicar as novas acusações de espionagem a vários ministros alemães, disse uma fonte governamental.

"Confirmamos que o embaixador dos EUA (John) Emerson foi convidado a vir à chancelaria" para explicar as ações de espionagem da agência de segurança norte-americana (NSA, sigla em inglês), afirmou a mesma fonte.

O diário alemão Frankfurter Allgemeine noticiou que Peter Altmaier, chefe de gabinete da chanceler alemã, Angela Merkel, tinha pedido a reunião.

A imprensa alemã noticiou ontem (1/7) que novos documentos divulgados pelo WikiLeaks apresentavam evidências de que os Estados Unidos tinham espionado vários ministros.

As relações entre os dois países atravessam momentos de tensão desde que, em 2013, o ex-consultor de informática da NSA Edward Snowden divulgou documentos sobre espionagem dos Estados Unidos no exterior.

Uma investigação sobre as possíveis escutas ao celular de Angela Merkel foi encerrada no mês passado por falta de provas.

O gabinete do procurador federal alemão afirmou hoje pode reabrir a investigação às atividades da NSA na Alemanha, na sequência destas novas informações.

De acordo com os últimos documentos do WikiLeaks, a NSA espionou os ministros das Finanças, Economia e Agricultura alemães, noticiou o diário Sueddeustche Zeitung. A lista do portal WikiLeaks, que inclui ministros, apresenta datas entre 2010 e 2012.

O atual ministro da Economia e vice-chanceler, Sigmar Gabriel, está entre os ministros espionados pela NSA, de acordo com o jornal.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail