Home > Notícias

Empresas brasileiras são mais impactadas por fraudes

Estudo realizado pela LexisNexis Risk Solutions levou em consideração o impacto gerado por ameaças na América Latina

Redação

29/11/2018 às 9h15

Empresas brasileiras são mais impactadas por fraudes
Foto:

O custo da fraude para varejistas e empresas de serviços financeiros no Brasil é 3,44 maior do valor real perdido na transação, o que representa 2,47% de suas receitas anuais. É o que revela estudo realizado pela LexisNexis Risk Solutions, que traça um panorama dos custos e impactos da fraude em países da América Latina. O estudo avaliou a realidade de cinco países latino-americanos - Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e México- e foi realizado em setembro de 2018 com 377 executivos que atuam na área de combate à fraude.

"Apesar da expansão do varejo onl-ine e do desenvolvimento de novos métodos de pagamento terem aproximado as empresas de seus consumidores, criou-se também um grande desafio para investir em métodos eficazes de combate à fraude no ambiente eletrônico", afirma Ruben Delfini, diretor South LATAM da LexisNexis Risk Solutions. "No Brasil, isso é fundamental, pois, segundo a pesquisa, o impacto das fraudes nas operações no país é maior quando comparado aos demais países latinos estudados", completa Delfini.

A pesquisa ainda destacou os seguintes pontos sobre a fraude no País. Confira abaixo.

Mobilidade

A expansão do uso do celular está contribuindo para o risco de fraude entre os varejistas brasileiros, sites de e-commerce e empresas de serviços financeiros. Apesar da atuação dos criminosos via aplicativos de celular ter crescido em uma escala global, 71% dos executivos brasileiros assumem o risco de manter operações nessa plataforma para manter a competitividade e oferecer mais conveniência ao consumidor.

Comércio via celular

O custo da fraude é maior para aqueles que atuam no m-commerce (comércio via celular) e comercializam produtos e serviços digitais. Cada operação fraudulenta custa para empresas do mobile commerce 3,58 vezes o valor perdido na transação, o que representa um impacto de 2,6% de custos com fraude em suas receitas anuais.

Combate à fraude

As empresas não estão combatendo a fraude de maneira otimizada, sendo que uma parte considerável delas não está rastreando seus custos com fraude por canal e método de pagamento. Além disso, aproximadamente um terço das transações sinalizadas como possíveis casos de fraude, ainda são enviadas para demoradas e onerosas revisões manuais.

Verificação de identidade

Verificação de identidade é o principal desafio para canais de comércio online e mobile. O número do CPF tem sido o principal método de identificação de consumidores utilizado por sites de comércio eletrônico. Esses números têm sido hackeados e vendidos na dark web com o propósito de realizar operações financeiras fraudulentas.

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail