COMUNIDADE

Transformações do mercado imobiliário na era digital

Tecnologias devem ser usadas para garantir mais eficiência e transparência nas transações e transformar a experiência do consumidor

O mercado imobiliário está passando por uma grande transformação digital, principalmente na relação entre consumidores e todos os envolvidos na cadeia como corretores, imobiliárias, incorporadoras e construtoras. Se antes as informações eram pulverizadas entre os players, a tecnologia e o comportamento de consumo estão modificando este cenário.

Na visão de Lucas Vargas, CEO do portal de imóveis VivaReal, o setor imobiliário deve trazer uma jornada do consumidor muito mais acolhedora. Para tal, toda a transação deve ser mais eficiente e transparente, indo além da busca do imóvel e de fotos nos portais. O executivo ressaltou que a falta de transparência e confiança na relação dos consumidores com corretores e imobiliárias no Brasil impacta negativamente as avaliações sobre este mercado.

“De acordo com pesquisas de satisfação realizadas pelo VivaReal, o atual nível de satisfação do consumidor para com os serviços imobiliários hoje atinge uma nota média de 3.3, de 10. Nosso objetivo é de subir esta nota para no mínimo 8”, contou Vargas. Mas como um setor tão tradicional e off-line pode se transformar em data driven?

Para responder esta questão, o executivo detalhou, durante apresentação realizada na quarta-feira, 8, no IT Forum Expo 2017, os planos do VivaReal para transformar a experiência do consumidor através de transações imobiliárias mais seguras e efetivas, com base no que já é feito no mercado imobiliário americano, e que está dando muito certo. “Não estamos falando sobre acabar com o trabalho dos corretores, mas sim conectá-los às soluções digitais”, enfatizou.


Tecnologias efetivas


A necessidade de uma ferramenta de mapeamento virtual foi a primeira solução apontada por Vargas durante sua apresentação. “Diferentemente dos Estados Unidos, não existe no Brasil um mapeamento que disponibilize aos consumidores informações completas e digitalizadas sobre todos os imóveis”, comentou.

Pelo fato da jornada do consumidor no mercado imobiliário não ser linear, mas descontínua, também é preciso, segundo ele, criar um ecossistema para operar ponta a ponta neste mercado. Outra solução a ser considerada é a de moderação dos corretores para se ter um “match” entre oferta e demanda. “Nos EUA, por exemplo, os portais imobiliários disponibilizam os perfis dos corretores e suas avaliações”.

Assim como nos demais segmentos, o mercado imobiliário deve se reinventar para acompanhar a evolução das tecnologias. O caminho do sucesso nessa nova era será adequar as estratégias ao novo comportamento do consumidor de imóveis.

 

 

Comentários
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem unicamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da IT Mídia ou quaisquer outros envolvidos nessa publicação.

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.