COMUNIDADE

Acesso recebe novo sócio e supera a marca de R$ 60 milhões já captados

InvestTech anuncia investimento de R$ 21 milhões por participação minoritária na companhia e integrará o Conselho de Administração

O crescimento apresentado pelo mercado de fintechs vem atraindo cada vez mais investimentos no Brasil. Uma das empresas a se beneficiar desse movimento é a Acesso, companhia do mercado de cartões pré-pagos, que acaba de levantar R$ 21 milhões junto à InvestTech. Com o caixa fortalecido, a Acesso investirá principalmente na evolução de seus produtos, criação de novas linhas de negócio e expansão de sua rede de distribuição. Com o investimento, a companhia passa a integrar o quadro de acionistas da empresa, junto com o fundador Sérgio Kulikovsky, família Heilberg, Duxx Investimentos, entre outros.

Desde o lançamento do serviço, em 2012, os cartões Acesso já realizaram 26,5 milhões de compras em mais de 100 países ao redor do mundo. Em 2016, a Acesso alcançou a marca de 3 milhões de cartões e ultrapassou R$ 1 bilhão em transações financeiras no ano. Para 2017, o objetivo da empresa é mais uma vez dobrar o seu tamanho e o aporte da InvestTech será direcionado para acelerar esse crescimento.

“Além de reforçar a oferta de soluções diferenciadas para dar controle para as pessoas sobre suas vidas financeiras, pretendemos investir ainda mais no aumento da nossa capilaridade. A companhia reinventou o modelo de distribuição, e seus clientes podem adquirir o serviço pela internet, com nossos parceiros e no varejo. Fecharemos o ano com crescimento de 80% no varejo e estaremos presentes em 9 mil pontos de venda, como supermercados, farmácias e bancas de jornal”, afirma Paulo Kulikovsky, CEO da Acesso. “Nosso propósito é trazer liberdade com simplicidade para o dia a dia dos nossos clientes. ”

No Brasil, o processo de abertura de conta nos grandes bancos é burocrático. Normalmente, o cliente tem que ir fisicamente a uma agência, levar uma série de documentos e comprovantes de renda para passar por uma aprovação de cadastro que pode levar dias ou até semanas. Além disso, os bancos cobram taxas altas por seus serviços, principalmente da população com renda mais baixa. Na Acesso o cliente abre sua conta em menos de 5 minutos e no conforto da sua casa. Com uma estrutura enxuta, eficaz e totalmente digital, a Acesso repassa esse ganho para os seus clientes cobrando menos e sendo mais ágil. “Aqui não existem filas e burocracias. Somos abertos a quem tem conta ou não porque o nosso propósito é universal”.

Segundo Mauricio Lima, da InvestTech, após uma análise minuciosa do setor de meios de pagamento no Brasil, a Acesso foi considerada a melhor opção para investimento por reunir condições únicas: “Acreditamos que a Acesso é melhor posicionada para atender a população brasileira: tem time de primeira linha, plataforma flexível e uma visão pragmática de como atender os mercados B2B e B2C. O mercado ainda está sendo criado, e a empresa conta com uma combinação única para aproveitar estas oportunidades. Estamos muito satisfeitos com o investimento e com mais esta parceria que criamos”.

Em 2014, a Acesso notou que a dificuldade de abrir conta não se restringia apenas às pessoas físicas e expandiu a sua linha de negócios para também atender empresas “Como uma fintech, nascemos com uma tecnologia de ponta e flexível, com um sistema de APIs simples e de rápida integração, o que nos permite facilmente replicar nossas soluções. Isso nos ajudou a crescer rapidamente no mercado corporativo e co-branded e é onde apostamos boa parte do nosso crescimento”, comenta Kulikovsky.

Segundo Kulikovsky, muitas companhias procuram uma solução simples para os gastos institucionais e é essa simplicidade que é oferecida a elas. “No mercado corporativo, atuamos em três frentes: despesas corporativas, premiações e parcerias estratégicas. Para empresas, o cartão proporciona maior agilidade e controle sobre sua gestão financeira. Pequenos varejistas utilizam o cartão para receber pagamentos por seus produtos e/ou serviços, sem ter uma conta em banco. A solução de premiação permite que nossos clientes reconheçam e motivem seus colaboradores. Já no mundo co-branded, possibilitamos que empresas fidelizem e fortaleçam sua marca no dia a dia de seus clientes”.

Com uma presença já consolidada nos Estados Unidos, na Europa e na Ásia, o segmento de cartões pré-pagos avança rapidamente no país, seja pela restrição de acesso ao crédito proporcionada pelo cenário atual de instabilidade econômica, seja pela segurança e maior garantia de controle financeiro que proporciona ao usuário. Segundo dados da Abecs (da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços), a indústria de cartões pré-pagos cresceu 140% em 2016, enquanto o segmento de crédito subiu apenas 6,3% no mesmo período. Isso decorre principalmente pela combinação de tecnologia, com simplicidade e inovação.

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.