COMUNIDADE
Grupo Raymundo da Fonte cresce no Norte e Nordeste com Totvs

Grupo Raymundo da Fonte cresce no Norte e Nordeste com Totvs

Fabricante de produtos de limpeza e alimentícios moderniza gestão com tecnologias de backoffice, manufatura e logística

O Grupo Raymundo da Fonte é dono de 14 marcas entre produtos de limpeza e alimentícios e hoje conta com cerca de 2600 funcionários. Com o rápido crescimento na última década, amargava um sistema legado que precisava de modernização. Buscou no mercado um ERP capaz de dar suporte ao seu plano de dobrar o faturamento entre 2011 e 2016, de forma orgânica.

“Sabíamos, naquela época, que nossos processos tinham muito espaço para melhorias, com novas técnicas de gestão, integração de etapas e automação”, relata Marcos Martareli, gerente de Processos Corporativos do Grupo Raymundo da Fonte.

Ele acrescenta que além de atualizar sistemas e atividades, uma preocupação da diretoria da companhia era que o corpo de gestores fosse preparado para extrair da tecnologia as melhores informações, da forma mais ágil.

Estratégia

O método de escolha foi baseado na estratégia da companhia para os cinco anos seguintes: consolidar-se como líder no mercado de higiene pessoal, limpeza e alimentação do Norte e Nordeste.

Para isso, foi aberta uma concorrência com 2 mil itens de pré-requisito, que deveriam ser atendidos pelo novo sistema. Assim, a Raymundo da Fonte se tornou cliente da Totvs, empresa de soluções de negócios e TI, com a contratação, inicialmente, somente do ERP.

Hoje, a companhia tem as soluções da Totvs em suas quatro unidades fabris, localizadas em Pernambuco, Pará, Bahia e Rio de Janeiro, com 600 usuários ativos.

“Destaco os ganhos de aumento de produtividade e precisão. Essa parceria nos permitiu capacitar nossas áreas de gerenciamento para disponibilizar soluções de controle, gestão e performance, que ajudam a atingir nosso objetivo estratégico”, conta Martareli.

Um dos destaques após a adoção da tecnologia foi a redução de gastos com frete comparado ao faturamento. Com o auxílio do Totvs Cockpit Logístico, o mix de itens por embarque aumentou de 35 para 60, em média, com uma ocupação média dos veículos de 92%.

“Estamos agora na fase final de implantação da tecnologia. Nesse módulo, montamos todos os cenários que são importantes para a Raymundo da Fonte e teremos visões por família de produto, canal, Estado, além de poder fazer análises financeiras”, detalha Martareli.

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.