Home > Notícias

HP deve demitir 5 mil pessoas até 2019, mais do que o planejado

Despesas de reestruturação são de cerca de US$ 700 milhões para as demissões

Redação

06/06/2018 às 10h58

Foto:

A HP aumentou seus cortes para 4,5 mil a 5 mil funcionários até o final do ano fiscal de 2019. Isso representa até 1 mil pessoas a mais do que a empresa estimou como parte de uma reorganização divulgada há quase dois anos.

A empresa terá despesas de reestruturação, antes de impostos, de cerca de US$ 700 milhões para os cortes, um aumento em relação à estimativa original de US $ 500 milhões, informou a própria HP em um comunicado em maio.

Durante uma teleconferência em 29 de maio, executivos disseram que estavam expandindo o programa de cortes de empregos que começou no ano fiscal de 2017. A HP, que fica sediada em Palo Alto, na Califórnia, tinha 49 mil funcionários no último dia 31 de outubro.

De acordo com a Bloomberg, sob o comando do CEO Dion Weisler, a HP teve crescimento consistente em meio à diminuição da demanda por PCs.

A empresa ganhou participação de mercado com computadores mais sofisticados, incluindo máquinas para o mundo dos games, que podem ser mais lucrativas. O negócio de impressoras também ajudou a impulsionar o lucro da companhia. As ações da HP subiram 25% nos últimos 12 meses.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail