COMUNIDADE

Base legal no Brasil é boa, mas precisamos de infraestrutura e 5G

Especialista em telecomunicações, Netto traçou panorama digital no Brasil

Por onde caminha a transformação digital no Brasil? Para o advogado Leandro Netto, palestrante do IT Forum Expo 2017, o País precisa trabalhar para que alguns habilitadores, em suas palavras, possam estruturar o crescimento. A apresentação do sócio do escritório Lima Junior, Domene e Advogados Associados foi parte da programação do palco High Touch, High End.

“Um dos principais habilitadores do mercado é a infraestrutura, pois sem ela não há transformação digital. Outro é P&D, porque sem pesquisa não temos uma política coerente para o desenvolvimento, bem como uma educação voltada para o mundo digital. Outro ponto é a confiança dos players do mercado sobre o que está sendo feito no Brasil. E por último, é preciso fortalecer a presença do Brasil globalmente.”

Entre os destaques da sua apresentação está o fato de que a implantação da TV digital foi um marco importante para democratização do ambiente digital em solo brasileiro. “Ela é fundamental para a propagação da internet, e creio que a partir dela, veremos inúmeros novos negócios surgindo nos próximos anos. Inclusive existe uma Medida Provisória que pretende facilitar a vida dos data centers no país. Sabemos que é custoso e difícil mantê-los e tem de haver uma política de Estado para que isso aconteça da melhor maneira”.

Para o palestrante outro habilitador importante para o desenvolvimento é a cibersegurança, aspecto no qual ele observa bons avanços. “O Marco Civil da Internet e a Lei de Acesso à Informação dão ao mercado uma maior percepção de que existe um combate à corrupção e à pirataria. Existe maior segurança institucional e regulatória”.

5G e ambiente para inovação

Agora, a meta é focar em oportunidades, e favorecer o ecossistema de inovação no qual novas companhias possam florescer. “São Paulo é uma das mais importantes cidades para o ecossistema de inovação e startups, uma das 20 principais do mundo. Mas sabemos que a velocidade que adotamos nem sempre é a velocidade necessária ideal, estamos estagnados em inovação. Devemos focar nas oportunidades. Há mais jovens querendo empreender no Brasil do que nos Estados Unidos”, observou Netto.

Entre as áreas que o especialista apontou como uma das principais para investimentos no país está a rede móvel 5G. “Possivelmente será realidade nos Jogos Olímpicos do Japão. Eu olharia no 5G e investiria no país para estarmos preparados para isso.”

Comentários
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem unicamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da IT Mídia ou quaisquer outros envolvidos nessa publicação.

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.