Home > Notícias

Instituto Mauá de Tecnologia aprimora Wi-Fi e garante mais integração entre alunos

Com suporte da IT2B, a instituição realizou projeto de ampliação da rede

Redação

03/08/2018 às 17h59

Foto:

Com o objetivo de modernizar e expandir o acesso wi-fi para todos os alunos, professores e visitantes, o Instituto Mauá de Tecnologia contratou os serviços da IT2B. A implementação do projeto de ampliação da rede foi iniciada em julho de 2017, no Campus de São Caetano do Sul, e contou com os recursos da tecnologia Aruba da Hewlett Packard Enterprise.

A solução Instant Ap foi escolhida para permitir o controle do access point, por meio da antena. Essa tecnologia permite controlar a rede Wi-Fi, eliminando a necessidade de hardware de controladoria adicional. Ela também ajuda a distribuir funcionalidades como autenticação e configuração aos pontos de acesso (APs), e permite também o bloqueio de apps e arquivos.

Segundo o coordenador de Infraestrutura e Suporte de TI da Mauá, João Carlos Corrêa, depois da ampliação da rede, a utilização por parte dos alunos vem crescendo cada vez mais. “Notamos um aumento significativo do número de alunos com smartphones que procuravam o wi-fi para acessar a internet e os materiais publicados pelos professores. Antes, esse acesso era feito principalmente por notebooks/laptops, porém com o avanço de performance/capacidade dos smartphones surgiu a necessidade de facilitarmos o acesso com login rápido e aumentarmos a cobertura do sinal colocando access points em cada sala de aula e laboratório nos dois Campi, São Caetano do Sul e São Paulo. ”

Anteriormente, o Instituto Mauá de Tecnologia possuía apenas 32 access points, hoje com a nova rede wi-fi, esse número aumentou para 160, permitindo a utilização de mais de 1.000 usuários simultâneos na rede. Além da ampliação de alcance, duas tecnologias foram adicionadas para garantir a segurança e visibilidade, são elas AirWave e ClearPass. Com a atuação em conjunto das duas tecnologias, a Mauá conseguiu dispor de funcionalidades de segurança autônomas para conveniência do usuário final e a visibilidade granular em tempo real de cada ponto de acesso.

Sobre o impacto da Transformação Digital nas Faculdades e Universidades, João Carlos Corrêa pontua que “a Transformação Digital é inevitável e as novas gerações esperam que as IES (Instituições de Ensino Superior) estejam à frente na adoção de novas tecnologias. ”

Conectividade e inclusão

A tecnologia vem avançando espaços, transformando a dinâmica da sociedade e a vida das pessoas. Além do forte impacto no mercado, no dia a dia das empresas e nas indústrias, ela também vem levantando debates no campo da Educação e ganhando grandes avanços na infraestrutura das universidades.

Além de promover aulas mais dinâmicas e atrair os alunos de forma mais efetiva, a tecnologia nas universidades adentra um campo mais complexo, a chamada inclusão educacional. Com o auxílio da Internet, muitos alunos com deficiência (seja intelectual, visual, motora ou auditiva) conseguem cada vez mais fazer parte do ambiente pedagógico por meio de tradutores simultâneos, sintetizadores de voz e materiais adaptados.

Diante disso, a rede wi-fi é o sistema central desse compartilhamento virtual, por isso muitas universidades (públicas e privadas) vêm investindo numa modernização de seus sistemas. Dados do IBGE afirmam que no Brasil 116 milhões de pessoas estão conectadas à internet, quase 64,5% da população. Desse total, o equipamento mais utilizado é o celular, presente em 97,2% dos domicílios.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail