Home > Notícias

Intel aponta tendências para 2017

Solange Calvo

05/01/2017 às 9h00

Intel aponta tendências para 2017
Foto:

Desde a transição do analógico para o digital não havia o potencial para uma transformação como no último ano. Na avaliação da Intel, as redes estão evoluindo mais rápido do que nunca para atender às demandas por conexões com a internet geradas pelo número cada vez maior de dispositivos conectados que exigem acessar, analisar e compartilhar dados em tempo real. Confira a seguir as principais expectativas da Intel para 2017.

Inteligência Artificial

•A Inteligência Artificial (AI, na sigla em inglês) possibilitará que as máquinas aumentem as capacidades humanas, automatizem tarefas, desencadeiem descobertas científicas e ajudem em problemas sociais desafiadores. 

•Estima-se que o mercado global de robótica e AI cresça para US$ 153 bilhões até 2020, o que inclui US$ 83 bilhões para robótica e US$ 70 bilhões para análises baseadas em AI². 

•A tecnologia terá um melhor custo-benefício e será mais onipresente, novos aplicativos surgirão para uma ampla gama de indústrias, criando eficiências para empresas e consumidores.

•A tecnologia que suporta alguns aplicativos AI emergentes, como o processamento de linguagem natural e os bots melhorará muito, preparando o caminho para uma maior adoção da AI.

•A aprendizagem de máquinas se tornará mais integrada aos dispositivos conectados à IoT.

Redes 5G

•Mais do que apenas uma rede mais rápida, a 5G deverá fornecer uma latência extremamente baixa, combinada com banda larga incrivelmente alta, o que significa a habilidade para gerenciar uma demanda sem precedentes por dados e mais dispositivos conectados. 

•Redes ágeis e poderosas também podem encaminhar o tráfego de rede de forma inteligente para dar prioridade aos dispositivos críticos e de segurança, como carros autônomos e vestíveis médicos. 

•Em áreas geográficas onda a infraestrutura conectada não é tão rápida ou confiável quanto necessário, a 5G também abrirá um mundo de possibilidades atualmente indisponíveis. A rede 5G global deverá suportar cerca de 100 bilhões de dispositivos. 

•A 5G continuará se movendo do conceito para os testes e para planos significativos de implantação, acelerando o suporte por toda a indústria.

•A necessidade por conectividade mais rápida aumentará a pressão pelo alinhamento em torno dos padrões globais com a IEEE e 3GPP e pela resolução dos principais desafios de interoperabilidade, compatibilidade reversa e verificações futuras.

Condução Automatizada

•A condução automatizada mudará, de fato, a sociedade. O carro do futuro representa uma redução significativa na quantidade de acidentes, a mobilidade para muitos e congestionamentos reduzidos nas cidades mais populosas do mundo. 

•O mercado global para veículos totalmente autônomos deverá alcançar US$ 42 bilhões até 2025; os carros auto conduzidos poderão ocupar um quarto da venda mundial de carros até 2035. 

•Avanços significativos serão feitos para ampliar a operação de carros sem condutores, bem como para avançar cada parte da infraestrutura – da conectividade ao uso da AI para o processamento de dados.

•Mais empresas entrarão no mercado de condução autônoma, novas parcerias e esforços colaborativos surgirão, bem como um chamado para a padronização por toda a indústria.

•A indústria continuará a aprender por meio da tentativa e erro, mas 2017 marcará o primeiro ano que os sistemas automatizados em carros ganharão acesso comercial, por meio de sistemas de assistência avançada ao motorista (ADAS, na sigla em inglês) ou frotas automatizadas para o compartilhamento de viagens.

Realidade Virtual/Realidade Combinada

•Atualmente as experiências se baseiam na interação com uma tela, no entanto, as experiências de amanhã mergulharão os usuários completamente na interação por meio da visão, do som e do toque. 

•A próxima fronteira da computação capacitará as pessoas a construírem, resolverem, criarem e jogarem em um mundo onde a barreira entre os mundos físico e virtual é cada vez menor. As tecnologias virtuais guardam um enorme potencial para o futuro, mas as indústrias apenas começaram a engatinhar neste universo. 

•As experiências VR avançarão em indústrias como as de saúde, educação e viagens, empregando o mais recente em tecnologia VR para criar experiências totalmente imersivas.

•A tecnologia e os esportes se tornarão mais integrados no próximo ano, transformando a maneira como as pessoas treinam, assistem e interagem com os esportes.

•A Realidade Combinada, uma nova forma de experimentar interações e ambientes físicos e virtuais, chegará à vanguarda com cinco avanços tecnológicos (6 graus de mobilidade, rastreamento integrado, manipulação mais natural, liberdade e conteúdo do mundo real digitalizado) e deverá chegar ao mercado na temporada de festas de 2017.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail