Home > Notícias

IoT: 8,4 bilhões de “coisas” estarão conectadas em 2017

Guilherme Borini

08/02/2017 às 12h21

Foto:

O Gartner prevê que 8,4 milhões de dispositivos conectados serão utilizados em todo o mundo em 2017. O avanço das "coisas" conectadas é de 31% em relação a 2016 e a previsão é chegar a 20,4 bilhões até 2020.

China, América do Norte e a Europa Ocidental estão impulsionando o uso de internet das coisas (IoT) e as três regiões juntas representarão 67% da base total instalada em 2017.

O segmento de consumidores é o maior usuário de coisas conectadas, com 5,2 bilhões de unidades em 2017, o que representa 63% do número total de aplicações em uso. "Além dos sistemas automotivos, as aplicações que serão mais utilizadas pelos consumidores serão as smart TVs e digital set-top boxes, enquanto os medidores elétricos inteligentes e câmeras de segurança comerciais serão mais utilizados pelas empresas ", destaca Peter Middleton, diretor de pesquisa da Gartner.

Além dos medidores inteligentes, as aplicações adaptadas a verticais específicas da indústria (incluindo dispositivos de campo de fabricação, sensores de processo para instalações de geração elétrica e dispositivos de localização em tempo real para o setor da saúde) impulsionarão o uso de coisas conectadas entre as empresas até 2017, com 1,6 bilhões de unidades implantadas .

À media que consumidores compram mais dispositivos, as empresas gastam mais. Em 2017, em termos de gastos com hardware, o uso de coisas conectadas entre as empresas vai gerar US$ 964 bilhões. As aplicações de consumidor totalizarão US$ 725 bilhões em 2017 e, em 2020, as despesas de hardware de ambos os segmentos alcançarão quase US$ 3 trilhões.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail