Home > Notícias

Mapa promete simplificar abertura de empresas no Brasil

Endeavor divulga no início de janeiro o 'Mapa para Simplificação', que promete estimular o cenário empreendedor brasileiro reduzindo.

Wellington Arruda

05/08/2019 às 9h01

Foto: Shutterstock

A Endeavor, organização global sem fins lucrativos, inaugurou em 1º de agosto o Mapa para Simplificação, visando desburocratizar o cenário empreendedor do Brasil. Ela atua aqui no país desde 2000 com a missão de promover um ambiente de negócios que estimule o crescimento.

O Mapa, em si, "compila o passo a passo para o redesenho do processo de abertura de empresas" com exemplos nacionais e internacionais de simplificação.

Para tornar-se realidade, o material foi construído e validado com ajuda de mais de 40 especialistas e burocratas. Ele é gratuito e apresenta estratégias adotadas em locais como Canadá, Austrália, Porto Alegre, São Paulo e outros.

Um dos motivos para lançar o material foi o excesso burocrático na abertura de empresas no Brasil. Citando a última edição do Índice de Cidades Empreendedoras (ICE), um empreendedor brasileiro leva, em média, 62 dias e seis procedimentos para abrir uma empresa.

Em comparação, o mesmo processo leva 11 dias na Argentina e 7 dias na Turquia, de acordo com o Doing Business 2019.

Também é citado o tempo de retorno de órgãos e secretarias governamentais, além da falta de comunicação entre organizações que participam deste processo.

O documento, então, "se propõe a funcionar como um manual de apoio para gestores públicos que queiram aprender sobre o redesenho de processos necessário para reduzir o tempo para abrir e formalizar um negócio".

Em cidades específicas como São Paulo e Rio de Janeiro, o relatório Doing Business apontava média de 80 dias para abertura de empresas em 2017. No ano seguinte, 2018, o tempo nestas cidades foi reduzido para 22,5 dias.

A Endeavor ainda destaca municípios brasileiros onde empresas não representam riscos para a saúde pública ou meio ambiente. Estas são beneficiadas pelo aumento da formalização dos negócios, mobilidade urbana e outros fatores, tendo em vista a simplificação.

Agora, a ideia é expandir tais iniciativas de simplificação para todos os municípios brasileiros. Otimizando os procedimentos e instruindo os servidores, os sistemas de abertura de empresas podem se tornar cada vez menos burocráticos, na visão da organização.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail