Home > Notícias

Metade dos CEOs espera que suas indústrias sejam substancialmente transformadas pelo digital

Déborah Oliveira

26/04/2016 às 12h05

Metade dos CEOs espera que suas indústrias sejam substancialmente transformadas pelo digital
Foto:

CEOs de diferentes indústrias indicam que o crescimento dos negócios será prioridade para 2016, de acordo com pesquisa recente do Gartner. O levantamento descobriu que apesar das indicações de enfraquecimento da economia global, os líderes das empresas não pretendem alterar significativamente suas prioridades. Depois de crescimento, item indicado por 54% deles, a segunda e a terceira prioridades de negócios são foco no cliente com 31% e na força de trabalho, com 27%.
Para chegar a essas conclusões, o estudo ouviu 400 líderes empresariais de alto nível em organizações em todo o mundo no quarto trimestre de 2015. O rol de perguntas incluía cenários para 2016 e 2017. A maioria das organizações que respondeu tinha receita anual de US$ 1 bilhão ou mais. Os resultados da pesquisa mostram que enquanto as condições de negócios são desafiadoras, CEOs continuam confiantes o suficiente para direcionar investimentos estratégicos, especialmente quando se trata de transformação digital.
Mark Raskino, vice-presidente do Gartner, relata que o aumento da palavra cliente nas respostas era perceptível. "CEOs parecem estar preocupados com a melhoria dos níveis de serviço ao cliente, relacionamento e satisfação. Ao mesmo tempo, eles se tornaram muito mais preocupados com questões dos funcionários. A ênfase é enorme sobre benefícios, retenção e formação”, afirma.
Em uma tentativa de manter seus planos de transformação digital, cada vez mais CEOs escolhem liderar a mudança digital do negócio. A pesquisa descobriu que os líderes agora entendem que o digital é substancial o suficiente para que eles se envolvam diretamente. Para os que delegam a função, o próximo líder mais provável é o CIO, revela a pesquisa.
O aumento do número de CEOs se dirige à mudança digital não é surpresa, dado que metade dos líderes entrevistados esperam ver transformação substancial em suas indústrias, tornando seus setores quase que irreconhecível em cinco anos. Exemplos de alterações em indústrias incluem carros autônomos, ascensão do blockchain nos bancos e impacto potencial da internet das coisas (IoT, na sigla em inglês).
Os resultados da pesquisa também mostraram que os CEOs parecem ver a digitalização como força positiva e não destruidora. Em geral, eles são muito otimistas sobre os efeitos da mudança digital na rentabilidade bruta de seus negócios. Oitenta e quatro por cento dos CEOs disseram que esperam que a mudança digital aumente as margens de lucro.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail